Espiritualidade


Dono do blog Christian Louis

Link dos blogs que participaram:


Blogagem Coletiva do Blog Escritos Lisérgicos com o tema Espiritualidade.

Este é um assunto polemico e particular, creio que cada um de nós tem um momento de questionamento em sua vida. O meu começou muito cedo desde os 11 anos já pensava nisso, quem é Deus e o que deseja de nós. Por ser muito questionadora ao conhecer e estudar com amigos de algumas religiões estava desanimada, pois nenhum lugar preenchia o vazio da minha alma.
Com 23 anos minha busca teve fim, finalmente encontrei o meu espaço, conheci a igreja Congregação Cristã e lá me entreguei finalmente a Deus.
Pensei que minha busca havia chegado ao fim e que tudo seria perfeito, ledo engano.
Hoje com quase 40 anos de idade percebi que onde existe homens a imperfeição impera, amo meus irmãos e gosto da minha igreja, mas religião e denominação religiosa não salva, cura, liberta e muito menos te faz feliz.
Para termos paz de espirito a mudança tem que ocorrer dentro de nós, vivemos em um mundo frio, materialista e se não tivermos cuidado, a frieza toma conta de nós de uma forma que quando percebemos já não sentimos mais nada.
Respeito todo ser, sigo o que Jesus disse:- Não faça ao próximo o que não gostaria que te fizessem e isso tem dado certo, eu escolhi ser assim. Não vou tomar a cor do mundo que habito e nem ser hipócrita, não tenho tempo para isso.
Para olhar o próximo com amor, servir e estar em paz depende de mim, não de uma igreja.
Conheço ateus que mesmo não crendo em um Ser Supremos, escolheram viver bem, não preciso que me coloquem medo dizendo que vou para este ou aquele lugar quando morrer se não fizer o bem, isso esta na minha natureza, não vou deixar o que não é bom tomar conta da minha mente.
Porque ofender, mentir, exigir se Deus é amor, se o próprio mestre resumiu tudo em dois mandamentos:
-Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.
Creio na Bíblia de todo coração, mas um julgo alto demais faz o burro arriar.
Hoje sou livre onde estou porque meu foco e exemplos são Cristo, vi um filme esses dias que até esqueci de por entre os que marcaram a minha vida na nossa blogagem coletiva que se chama "O que faria Jesus", o filme retrata exatamente esse questionamento em qualquer coisa que for fazer pense isso, o que faria Jesus.
Tudo muda não é mesmo, podem até pensar mas ele é diferente e pergunto porque? Que eu saiba enquanto esteve aqui foi sujeito a tudo como nós.
Hoje equilibrar a minha vida é meta, em tudo, principalmente da área espiritual tento ser e agir assim, pois o que é demais ou menos não serve.
Deus é lindo, maravilhoso, fiel, amigo mas também tem horas que não o entendo e na minha fraqueza tenho minha indagações e brigas, fico de mal kkkk
Afinal ele é meu pai, sabe exatamente o que esta dentro de mim e o que penso, não sou surpresa nenhuma.
Depois de tanto buscar vi que nos deixamos influenciar por tradições e isso que nos afasta do verdadeiro amor, quem vai julgar um dia o que é certo e errado é Deus somente ele tem o direito de nos olhar de cima para baixo.
Quando tive essa percepção de Deus como meu pai e não um tirano e decide tentar fazer as coisas certas preenchi aquele vazio que me perturbava.
Desejo do fundo do meu coração que todos encontrem seu caminho e preencham o vazio de suas almas caso o tenham.

Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

29 comentários:

  1. Como disse é muito particular mas concordo plenamente temos que focar em Deus não nos homens.

    ResponderExcluir
  2. Nossa Pati que postagem excelente concordo contigo, é verdade as vezes deixamos que nos digam como ser e isso não e correto Deus é maravilhoso.

    ResponderExcluir
  3. Arrasou belissima Pati eu sei tbm dos problemas que minha igreja tem, e isso jamais pode estar entre eu e Deus Disse tudo.

    ResponderExcluir
  4. Oi maninha,

    Um belo texto, a melhor coisa da vida é encontrarmos o nosso caminho, cada um é cada um, somos seres individuais e temos o livre arbítrio das nossas escolhas.

    Concordo com seus pensamentos....o importante de tudo é seguir o bem e ser feliz no final...

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Adorei tua explanação sobre o tema.Ficou leve e perfeita!Gostei!beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Espiritualidade, AMEI o tema!
    Muito bacana!!!
    Quando fizer o Bolo me chama que eu venho comer um pedacinho rsrsrsrs

    Beijos e um Lindo Final de Semana
    Andrea

    ResponderExcluir
  7. Olá!Boa tarde!
    ...sabe... gostei de saber um pouco mais de você...na busca, no reconhecimento da imperfeição dos homens, que você O encontrou e está feliz...Deus tem que estar dentro de nós!
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Amiga Patrícia, amei a postagem Penso igual e já andei por algumas igrejas e me decepcionei. Hoje procuro fazer o bem, amar o próximo porém não frequento nenhum grupo. Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Patricia,sempre muito sábio perguntar como Jesus teria feito.Uma maneira de viver plenamente a espiritualidade!Bela participação!bjs,

    ResponderExcluir
  10. O nosso foco é o Senhor Deus, através do Senhor Jesus.O tempo, Pati, é muito interessante e presente.
    Abração.

    ResponderExcluir
  11. Oi amiga querida agradeço as palavras em meu blog que bom que você gostou, adorei seu texto e diz tudo como o mundo esta, vazio de sentimentos e o mais importante de amor e o respeito a Deus. Triste ver pessoas se gladiando em vez de se unificarem.
    Linda sua espiritualidade.
    Um grande abraço e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  12. Pati, o que voce escreveu é o que eu sinto e acrescento que, além das tradições, existe hoje o excesso da vaidade. Me convidaram essa semana para visitar uma denominação e perguntei qual e a resposta foi: a do pastor "fulano de tal" e eu educadamente respondi: não obrigada, não vou a nenhuma igreja por causa do homem (por mais respeitoso que ele seja.) Os valores estão mudando, mas por mais que exista uma certa apostasia, não devemos nos distanciar nunca dos passos do Nosso Senhor Jesus. Bjos e parabéns.

    ResponderExcluir
  13. Cad um tem um pensamento a cerca das coisas espirituais.. eu creio somente no que está escrito na bíblia.. pq a fé é algo muito íntimo e pessoal... mas creio na vida eterna e na porta estreita que ela exige de cada um de nós.. pq não basta crer em DEUS ou ser bonzinhho para herdar o REINO DOS CÉUS.. mas as pessoas deixam de lado a vida espiritual focando somente nas coisas terrenas. e isso é triste pois o principal elas muitas das vezes deixam de lado.. por isso sofrem e são vazias..

    ResponderExcluir
  14. Oi minha amiga.. Tem um selinho lá no meu blog pra você..
    Beijinhos e um fim de semana mais que lindo..
    Sheila

    ResponderExcluir
  15. É isso aí, Patricia. Espiritualidade traz questionamentos, esperança, enfim, não é um conjunto de regras impositivas. Acho uma lástima em ver como os ateus são alvos de tanto preconceito como se fossem seres inferiores ou cruéis. Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Achei o o seu texto muito bom, acho que cada um tem seu livre arbítrio e tem a fé como acha melhor.
    Pq cada caminho do bem seguido, não resta duvida entra na casa de Deus
    Espiritualidade, é coisa de cada ser humano, Se somos todos irmãos, vamos seguir com a graça abençoada!
    Muito amplo esse texto para ler e refletir
    Abraço
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  17. Patrícia, primeiramente muito obrigado por comentar e por participar na Blogagem Coletiva. Já postei seu link no grupo do Facebook, a lista não depende de mim, e sim da garota que está moderando, por este motivo pode ser que demore um pouco para ser listada lá no blogue dela.
    Seu texto foi um dos mais lúcidos com os quais eu pude me deparar. De tantas denominações que fui, a Congregação Cristão não estava incluída, porque realmente eu fujo do convencional e nunca me senti muito a vontade em igrejas com muitas tradições, o máximo que arrisquei foi a Assembléia de Deus e o pessoal já olhou meio atravessado o "visitante cabeludo", me senti meio que invadindo um território. ahah.
    Mas conheci pessoas da sua denominação que eram bem legais, chegaram a me convidar, sei que aparentemente parecem seguir bem a risca como Paulo conduzia as igrejas, mulheres com véu, entre outros detalhes bíblicos que outras não cumprem.
    Penso como você, hoje, que não é religião que vai salvar alguém, ou curar, ou libertar. Sua mente é muito aberta, e concordo, também não entendo tanta intolerância aos ateus se todos temos o chamado livre arbítrio, também conheço muitos que praticam muito mais o Bem do que vários que se auto-denominam cristãos por aí.
    Sua linha de pensamento sobre pensar o que Jesus Cristo faria é muito boa, se muitos cristãos adotassem este hábito, presenciaríamos atitudes bem diferentes vinda dos mesmos.
    Parabéns pelo post e pela lucidez.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Patrícia. Os textos que li nessa blogagem coletiva me fez chamar a atenção para dois pontos: Primeiro, que a busca por Deus começa na adolescência. E segundo, é preciso resgatá-lo como Pai, e não como tirano. entendendo isso, os caminhos naturalmente passam a ser guiados por Ele. Adorei seu texto, um abraço!

    ResponderExcluir
  19. Olá, Patrícia, legal que está participando da blogagem coletiva! E como disse o Chris, seu texto está super lúcido.

    Concordo com sua ideia principal, o homem é imperfeito e quando falamos de religião, estamos falando de uma coisa criada pelo homem, então... nunca encontraremos a perfeição. O que eu acho importante é viver os ensinamentos de Cristo sem olhar os defeitos dos homens que compõem determinada igreja, se eu fosse olhar e me preocupar com as atitudes de alguns membros da minha igreja, talvez já teria abandonado, como fiz na minha adolescência. Hoje aprendi a cuidar da minha vida espiritual, porque nós sabemos que a salvação é individual e que cada um dará conta de si.

    Adorei ter passado por aqui e conhecer teu blogue. Grande abraço e fique com Deus. Bjinhus e até a próxima =)

    palavrasdevalquiria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Estou lendo o que muitos amigos tem a dizer sobre este assunto, vejo que por algum motivo, talvez a casualidade nos faça irmãos, somos parecidos.

    Eu sou espiritualizada, nao sigo nada, apenas o Deus que aprendi a respeitar e amar, que está diariamente ao meu redor, em tudo que vejo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Paty!
    Tudo bem?
    Falei com Christian e estou autorizada a participar da Blogagem Colectiva Espiritualidade. :)
    Vou então pôr mãos à obra.

    Um beijinho,

    Cris Henriques

    Blog de poesia de amor: http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Equilíbrio é algo difícil de se alcançar.. mas, sempre será a meta. Também o busco!

    Belo post!

    ;D

    ResponderExcluir
  23. Aqui está a minha participação:

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.pt/2012/07/blogagem-colectiva-do-blog-escritos.html

    Obrigada.

    Beijos,

    Cris Henriques

    ResponderExcluir
  24. Bela participação! parabéns.
    beijos e muita paz.

    ResponderExcluir
  25. Patrícia, tudo bem?
    Também estou participando da blogagem coletiva.
    A Igreja somos nós, penso, e assim como seres humanos imperfeitos, ela também acaba sendo imperfeita. Penso que seja mais importante buscar uma adequação ao que mais nos deixa feliz!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Olá Pathu! Também como vc demorei para encontrar a igreja que me proporcionasse as respostas que tanto procurava. Porém, é difícil saber de muitas verdades e não poder compartilhar com todas as pessoas. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  27. Oi Pathu - NÃO PUBLIQUE ESSE, TÁ?
    Pensei que o tema fosse: Sou da época em que....
    Montei meu texto e o publiquei, não sabia que o tema era esse.
    E agora?

    ResponderExcluir
  28. Boa tarde Patrícia, como vai?
    Também faço parte da blogagem coletiva e, assim como alguns amigos blogueiros, não sigo religião alguma.
    Acredito no mesmo que narrastes, que devemos respeitar a todos, e que nossa espiritualidade não deve ser regrada por ninguém além de nós mesmos.
    Se respeitarmos as demais pessoas e suas crenças, creio que conseguiremos viver em paz.
    Abraço, Patrícia.

    ResponderExcluir
  29. OLá Patricia, boa noite!

    Também faço parte da blogagem coletiva, e apesar de atrasadinha, eis-me aqui, para te visitar e comentar seu belo texto.
    De fato, amiga, a espiritualidade é de cada um, e não cabe aí, polêmica ou crítica, pois que se trata de uma vivência muito íntima, particular, e cabe a todos nós o respeito por todos.
    O que me chamou atenção no teu texto foi a referência sobre o filme "O que faria Jesus!" Se, cada um, antes de fazer suas escolhas, ou agir em relação ao próximo, ou nas atividades cotidianas da vida, fizesse a pergunta: O que faria Jesus, se estivesse em meu lugar?", o Brasil estivesse muito melhor, tendo em vista que a maior parte da população brasileira, se diz cristã...

    Gostei muito de vir aqui. Parabéns pela participação na Blogagem Coletiva. Adorei!

    Beijos da Lu...

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário, volte sempre!!!
*Gentileza gera Gentileza*
Os comentários serão liberados, após serem aprovados, conteúdo
que contenha spam e ofensas não serão publicados.

Divulgue suas postagens

Tedioso: Os melhores links

Parceiro

Top blogs de receitas

Dados do blog

  • Top comentaristas

    Top Comentaristas by SemNome
  • Estatísticas do Blog

    Dias online
    Postagens
    comentários
  • PageRank

    PageRank
  • Assinantes do blog

  • Visitas do RoboGoogle

Divulgue nosso Banner

Link-me!