Acho que sou homem


"Diz a lenda que uma mulher de verdade sempre tem sua casa limpa e arrumada, o cesto de roupas e a pia vazios. Esta sempre perfumada e bem vestida. É fina, não bebe e nem fala palavrões, se comporta corretamente em todo lugar e ocasião. Não reclama de nada, tem muita paciência para atender sua família, está sempre com um sorriso no rosto e tem palavras gentis para dizer a todos.
Mediante tudo isso estou sinceramente desconfiada que sou homem."

Lendo esse texto na web com marcador (humor) achei bem elaborado depois meditando sobre o assunto percebo que no fundo é o que muitos esperam de nós mulheres.
Seja na igreja e sociedade como um todo, a cobrança e machismo muitas vezes excede, esquecendo que somos humanas e sujeitas a todo tipo de emoção. Uma coisa que aprendi com a maturidade é que não vou passar a minha vida tentando ser o que não quero, só para agradar alguém. 
Educação, gentileza, compaixão, respeito e outros tantos gestos se faz necessário há todas as pessoas independente de seu sexo.
"Se um homem desejar que sua mulher seja um anjo em sua vida, primeiro ele deve criar um céu para ela", e vice e versa. Um homem que trai a esposa, bate nos filhos enfim é um tirano, o que sua companheira vai escutar é que tem que ter paciência, pensar nos filhos e etc..., se for ao contrario será para se separar e ser feliz com quem lhe der valor. Porque essa diferença?
Uma vez que a própria bíblia afirma que somos todos iguais perante Deus?
Isso está longe de ser praticado, enquanto houver homens no poder com pensamento machista, e mulheres que acham que submissão é ser tola, o mundo não vai mudar. Estamos repleto de modernidade, descobertas cientificas e tecnologia avançada que em muito facilitam nossa vida, e ainda agimos como os homens das cavernas em relação a igualdade.
Mais uma vez afirmo, sorriso no rosto, respeito, gentileza, carinho e como diz o inicio do texto ser fino, não beber, falar palavrões, estar cheiroso e de bem com a família é dever de todos e ponto final.
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

43 comentários:

  1. Bom dia Patricia!
    Que ótimo texto e tema.
    A mulher pode continuar sendo mulher arrumada ou não, mas concordo contigo sem deixar de lado a delicadeza, respeito e cuidado pessoal.
    Postarei hoje provavelmente o texto da blogagem dos países.
    Obrigada pela sua presença sempre carinhosa.
    Um excelente fim de semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  2. Muito bom mesmo concordo e ponto final, é dever de todos independe do sexo.

    ResponderExcluir
  3. Belo texto. Vou um pouco mais longe, na quetão de igualdade os direitos e deveres devem ser iguais. Vejo muitas mulheres reclamando que querem direitos iguais, mas elas sofrem do mesmo mau da sociedade como um todo, todos querem seus direitos, vejam, eu disse "seus", mas não tratam de exigir seus( novamente eu disse "seus") deveres. Esse mau se repete nas igrejas. Quero os direitos de Moisés, Isaias, Davi, Salomão,... suporto a cruz? Aguento carregar a cruz dos deveres também. Quero viajar na janela, mas se furar o pneu vou lá trocar. Não coloco essa indagação apenas na "guerra" dos sexos entre homem e mulher, mas no sentido amplo de cidadão, independente de ser homem ou mulher. Eu como homem me garanto em ser a "dona de casa"? Tenho certeza, sou homem! Biblicamente o provedor(não que mulher não possa trabalhar). Mas cada um com a sua medida, com a sua cruz. As pessoas querem ser um Silas Malafaia, Macedo, Cassiane, Dj Alpiste, ... só enxergam e desjam a glória, mas e o dia-a-dia, a cruz, o fardo. Não almejo ser a "dona de casa", nada contra os homens que se tornara, mas não foi aí que DEUS me colocou. Quero o que é meu.
    Obs.: Conheço muitas mulheres que desmpenham uma ótima postura profissional onde estão, algumas me chefiaram muito bem.

    ResponderExcluir
  4. Com certeza amigo, mas estamos longe de termos os direitos iguais ao dos homens, por tudo isso que disse e muito mais, hoje em dia as mulheres são donas de casa, chefes de família, mãe, e claro cada vez mais participam em igrejas, mas confesso que o machismo ainda é predominante e pior mulheres que acham isso correto. Triste fato que vivemos, e pior colocam Deus no meio para se justificar.

    ResponderExcluir
  5. Elza grata pela participação na blogagem coletiva.

    Gabi obrigada por comentar.

    ResponderExcluir
  6. Com certeza!!! Respeito, gentileza, boas maneiras, é dever de todos, e não apenas de uns!! Concordo com você, Patrícia!!

    Tenha um final de semana repleto de paz e amor!!
    beijos!♥

    ResponderExcluir
  7. Olá Paty,

    Esse tema é bem complexo, mas quero deixar bem clara minha opinião, odeio gente machista, esses homens que se acham superior as mulheres são uns idiotas, e também odeio mulheres machistas, as que criam seus filhos diferentes das suas filhas, dizendo que homem pode tudo e mulher não pode nada, acho isso um absurdo!

    Confesso que sou um tanto quanto feminista, e dentro da minha cabeça homens e mulheres são iguais, pra mim não há diferença nenhuma, tudo o que eles fazem, podemos fazer também e ainda melhor!

    Adorei o tópico!

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Olá

    Eu concordo consigo que sorriso no rosto, respeito, gentileza, carinho ,ser fino, não beber, falar palavrões, estar cheiroso e de bem com a família é deve de todos :D
    Gosto do post

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá Patrícia! Princípios básicos de boa educação são para todos, porém a Bíblia nos ensina que homens e mulheres têm responsabilidades e papéis diferentes. O homem é o cabeça da família, ele deve amar e cuidar de sua esposa e, a esposa é sua auxiliadora que deve ser idônea e submissa. A pressão que a sociedade nos impõe hoje, muitas vezes vem distorcer esta verdade bíblica e por isso devemos ser sóbrios e vigilantes para não irmos por caminhos que desagradam a Deus :)

    Gosto muito de visitar este seu cantinho, sua maneira de escrever é ótima :)

    Bom final de semana. Fabiana.

    ResponderExcluir
  10. Patricia,a mulher de hoje nào precisa mais ser aquela boneca de porcelana!Ela pode ser feminina e bem arrumada e, ao mesmo tempo, ser bem ativa!Cabe ao homem,acompanhar tb!Ótimo tema!bjs,

    ResponderExcluir
  11. Olá Patrícia:
    Já houve tempos bons na antiguidade, onde o regime familiar era o MATRIACAL, que é aquele que a mãe, a matrona, tinha a autoridade máxima.
    Depois estragou tudo...
    Veja, estamos evoluindo: Mulheres importantes na política mundial e brasileira.
    Mulher só apanha se for dependente do homem ou se não tiver vergonha na cara.
    Um olhar vale uma chicotada, não é mesmo?
    Obrigada pela visita
    Lua singular

    ResponderExcluir
  12. Olá Patrícia
    Vendo seus comentários, uma piada para animar:

    Aqui em casa quem manda sou EU, pode? Já dirigi caminhão, já pintei casa...HÁ HA!HÁ!
    Hoje não faço muita coisa: somos dois homens e uma mulher, o serviço doméstico é dividido mal...Só meu marido rala.. ainda mais agora com dois dedinhos quebrados. Vamos judiar. kkkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  13. Arrasou na postagem concordo plenamente o julgo em cima da mulher é bem maior, vemos até pelo caso doas atores vampirinhos do crepúsculo, como foi a menina que traiu o mundo caiu em cima dela, se fosse ele seria bem diferente. Somos evangélicos, na bíblia tem sim que a esposa deve ser submissa ao marido,mas como disse não tola e apanhar e ser maltratada. Somos filhos de Deus e iguais. Os homens que deturparam isso e muitas mulheres pensam assim e são piores que os homens qdo se trata desse assunto. Eu e minha esposa somos livres, nos amamos e respeitamos pois quem manda aqui em casa não sou eu nem ela e sim Deus.

    ResponderExcluir
  14. Bem minha amiga somente quando percebermos que somos iguais é que as coisas vão melhorar, como disse educação, gentileza e respeito é dever, machismo não ta com nada e muitos pegam o que querem da bíblia e usam a seu bel prazer.

    ResponderExcluir
  15. Olá!Boa tarde!
    Tudo bem Patricia?
    Amiga...eu penso que independente de sexo
    tudo começa na personalidade. Esta forma de ser é reflexo de um caráter. Essas mulheres não surgiram agora, sempre existiram. No entanto, eram reprimidas. Com a liberação sexual e a independência financeira, elas puderam ser elas mesmas. Assumir essa postura sem medo da sociedade... sabemos que o século XX foi marcado por avanços que mudaram a vida das mulheres. É quando se impõe a participação da mulher no mercado de trabalho, alterando o status da mulher e trazendo-a cada vez mais para perto dos homens, em termos de igualdades de pensamentos e ações, e o melhor de tudo é que hoje a mulher tomou consciência que ela pode lutar, ser ouvida, criar seus filhos sozinha e ser, politicamente, igual aos homens, pois ser mulher é, acima de tudo, se sentir amada e ser respeitada, como ser humano... século 21, todos nós,homens e mulheres, direitos e deveres iguais...
    aff ficou longo,desculpe me!
    Obrigado!
    Boa sexta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi amiga, me perdoa...não sabia das verificações de palavras no meu blog, problema resolvido.

    Na minha casa, eu e o marido temos os mesmos direitos, porque antes de sermos marido e mulher somos irmãos em CRISTO.
    Abração!
    Sarinha.

    ResponderExcluir
  17. Patrícia minha amiga que post maravilhoso..
    Eu concordo plenamente com você não somo só nós que temos que tentar dar o melhor de nós.. ser gentil, carinhosa, respeitar, isso é um dever de todos..
    Nós mulheres sofremos uma pressão bem maior porque além de sermos donas de casa, mães, esposas, ainda somos profissionais e muitas vezes temos que mostrar a cada dia que somos tão capazes como os homens.. e somos!
    Porque além de estarmos o dia todo em constante alerta no desempenho de nossas funções ao chegar em casa ainda temos que desempenhar nosso segundo, terceiro, quarto papel..
    Oh bichinho danado de forte né amiga? rs

    Por isso minha amiga.. se eu tivesse a escolha de nascer de novo eu nem pensaria duas vezes.. Queria nascer "MULHER" .. rs
    Adoro!!

    Beijinhos
    Sheila

    ResponderExcluir
  18. El Cielo debe ser creado por la pareja para convivir en plena armonía de Sentimientos y oportunidades.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  19. Oii amiga, vou ressaltar uma frase, "Se um homem desejar que sua mulher seja um anjo em sua vida, primeiro ele deve criar um céu para ela" precisa falar mais nada não, já falou tudo, de acordo com o texto, acho que sou mulher, com um escorregãozinho aki outro ali, mas tá valendo! Concordo com vc amiga, esse comportamento é p ambos, abaixo o machismo! Bjinhossss

    ResponderExcluir
  20. Olá Patricia :)
    Uma postagem para reflexão,afinal esse tema é inesgotável...
    Adorei isso:
    '...ainda agimos como os homens das cavernas em relação a igualdade.'
    Fato!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde, Patricia.
    Creio que tanto o homem quanto a mulher devem se respeitar e se amar independente dos convencionalismos e outros "ismos" presentes na vida em sociedade.
    O casal que vive junto deve crescer junto e jamais permitir que opiniões externas venham a interferir em sua felicidade.
    Sem falar que, hoje em dia, o machismo está mais do que caduco.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  22. Acho que tempo em que a mulher tinha
    que ser muitoooo submissa ao homem já
    foi...Mas ainda existe sim esse tipo de mulher, que com seu preconceito
    seja submissa ao homem e a ela mesma.
    Tem que ter um diálogo, e harmonia só
    assim tudo vira festa,
    Cuidar bem de uma casa, se cuidar bem
    qdo não trabalha fora acho bonito, mas sem ser submissa ao marido. como disse é na cumplicidade que todos ficam bem
    Abraços de bom final de semana
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  23. sim amiga verdade mais as pessoas
    não esses objetos e acreditam piamente que tem que aproveitar
    o máximo bebendo comendo e se divertindo
    é isso mesmo, já ouvi muito isso
    aqui amiga
    que pena
    amei a reflexão
    lindo final de semana bjs

    http://diariodevocional2012.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Patrícia!

    Boa tarde!
    Concordo com você em gênero e número, nós mulheres não temos que agir como robôs porque se determinou que teremos sempre que ser o respaldo dos maridos e da família...é lógico que não vamos nos portar como habitantes das cavernas,mas também não vamos assumir uma postura de coitadinhas porque somos seres humanos e, como tal sujeitas aos mesmos "ataques" que nossos maridos.Somos ternas, sim, mas, muitos homens também o são sem perder a sua masculinidade.

    Excelente tema, amiga.

    Bjsssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  25. Oi amiga, quanta verdadde heim?

    Parabéns.

    Bjssssssssssssss

    ResponderExcluir
  26. Amiga xara excelente concordo e assino em baixo...amei qdo escreveu
    Independente do sexo todos queremos respeito...e machismo? quem será o infeliz q inventou essa palavra, Deus não criou isso.
    Detesto essa palavra e toda essa cobrança de elegante, casa cheirosa , sem um fio de cabelo fora do lugar...graças a Deus meu marido vive no mundo real e eu tb, ninguém é perfeito
    Ri muito qdo vc escreveu
    "Se um homem desejar que sua mulher seja um anjo em sua vida, primeiro ele deve criar um céu para ela"
    Por muitos séculos até a palavra de Deus foi interpretada de maneira errada em relação as mulheres, tolos ignorantes, porque Deus é amor e perfeito e nos fez pra sermos de igual pra igual com os homens e um edificando e ajudando ao outro e não pra ver quem manda mais.Mas infelizmente tem muitos homens q ainda se fingem de desentendidos.
    Esse papo todo me lembrou ate aquele filme MULheres Perfeitas, se vc ainda não viu , assista mais a versão antiga , tem mais suspense
    Bjs
    Bejos

    ResponderExcluir
  27. Patricia! Olá!

    Dá para arrumar tudo em casa, ficar de bom astral e arrumada tambem, mas... é preciso de um detalhe: estar de bem consigo mesma!

    BEIJOS e otimo final de semana!

    ResponderExcluir
  28. Olá Pati!

    Tudo bem, amiga?

    Adorei o teu texto. Parabéns, amiga. Acho que o problema está na educação que passamos para os nossos filhos logo no berço.

    Se nascer rapaz, pode ter todas as mulheres que quiser, pode ir ter com os amigos e chegar quando quiser, deve praticar desportos de homem, como futebol, ou kickboxing porque isto é desporto de homem! Ballet é para meninas e mostrar emoções também, não pode ser demasiado sensível!

    Se nascer menina, os seus brinquedos já vão estimular a sua sensibilidade, maternidade e feminilidade. Brincar com casinha de bonecas, brincar com tachos e panelas, estudar ballet, francês, ter hora marcada para vir para casa, não pode namorar com quiser, para não ficar na boca do mundo, etc.

    Precisa haver um equilíbrio e esse parece longe...

    Um beijo,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Passei para deixar um grande beijo e desejar que seu final de semana seja muito especial, cheio de amor e alegrias.

    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Patrícia, texto de uma grandiosa sabedoria!
    É difícil sermos sempre bonzinhos com pessoas que nos maltratam!
    Dizem que se deve dançar conforme a música!
    Se o homem deseja respeito, carinho, amor...precisa também oferecer à sua esposa!

    Beijos e bom fim semana.

    ResponderExcluir
  31. Adorei o post amiga,bom final de semana beijos

    ResponderExcluir
  32. Voce viu a dica do filme que eu coloquei no texto, Patrícia? Indiferença. Ele fala de uma forma gritante sobre isso. O EMBURRECIMENTO a que todos nós estamos sendo levados, como soldados numa marcha cega e sem fim. Os conceitos, padrões e normas impostas pela sociedade no mundo são extremamente machistas, emburrecedoras, dominadoras e repressoras. E aquele que não as aceita é que estão fora do padrão. Pois eu estarei fora do padrão sempre. E viva o Iluminismo, que nos trouxe liberdades civis, religiosas e políticas. É verdade que aqui caminhamos a passos lentos, mas quem sabe um dia resolvemos segui-los realmente? os homens, principalmente. Aqueles que não querem ver, que continuem cegos.
    Maravilhoso texto! indico no Google +.

    ResponderExcluir
  33. Eu vivi pra agradar um ser humano e acabei me anulando tanto que o casamento acabou.
    Hj sou eu mesma, sou mto mais feliz e tenho um companheiro que me ama com todos os meus defeitos insuportáveis.

    Excelente texto, Patrícia.
    um beijo.

    ResponderExcluir
  34. Patrícia,
    tudo bem?
    A sociedade nos impõe esteriótipos e rótulos de gênero, o que é ou não atitude de homem ou de mulher.
    O ideal é crescer junto, como escrevemos numa parceria recente que fiz com a amiga Luciana Santa Rita, não sei se você leu, ser um 'café da manhã matutino', mistura de cafeína e essência láctea.

    Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  35. Patrícia, você disse tudo e mais um pouco. Onde eu assino? Tem linha pontilhada? Beijos.

    ResponderExcluir
  36. Pat querida! Como você está? Tá melhor? Adorei teu texto todo! Concordo e assino embaixo! Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Olá Patricia, sabe na verdade somos "flores" delicadas e gostamos mesmo é tudo isso que você falou, carinho, respeito, delicadeza, amor, ternura,admiração e parceria em tudo, inclusive naqueles "ditos trabalhos de mulher"... Adorei o texto, lindo! Um abraço e feliz final de semana!

    ResponderExcluir
  38. Patricia, querida amiga, com que orgulho por ser simplemente mulher eu leio seu texto e que muito bem lembrou que colocam Deus no meio disso tudo!
    Repito essa frase que aplaudo veemente: "Se um homem desejar que sua mulher seja um anjo em sua vida, primeiro ele deve criar um céu para ela", e vice e versa.
    Parabens!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  39. Disse tudo to aqui de pé te aplaudindo amei a frase isso mesmo temos que fazer da vida do parceiro um paraiso.

    ResponderExcluir
  40. Oi Patrícia!
    te agradecendo pela visita,
    e por me seguir de volta.

    bjos

    ResponderExcluir
  41. Patrícia...
    Confesso que levei um susto ao começar a ler o texto...
    Neste caso eu sou homem mesmo.
    É incrível como nós mulheres perpetuamos o machismo, o sexismo, a diminuição do valor humano da mulher quando criamos meninos que serão dependentes de mulher (os machões)
    Quando compreendermos o valor de cada pessoa, independente de seu sexo, teremos pessoas mais equilibradas e felizes....
    grande abraço Patricia.
    Liliane....

    ResponderExcluir
  42. Concordo, Paty!

    Antes de tudo para se querer respeito, tem que saber respeitar. Muito bem elaborado seu texto.

    Parabénssss.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário, volte sempre!!!
*Gentileza gera Gentileza*
Os comentários serão liberados, após serem aprovados, conteúdo
que contenha spam e ofensas não serão publicados.

Divulgue suas postagens

Tedioso: Os melhores links

Parceiro

Top blogs de receitas

Dados do blog

  • Top comentaristas

    Top Comentaristas by SemNome
  • Estatísticas do Blog

    Dias online
    Postagens
    comentários
  • PageRank

    PageRank
  • Assinantes do blog

  • Visitas do RoboGoogle

Divulgue nosso Banner

Link-me!