A cura de Jose Sobrinho (2° Relato- Milagres Acontecem)

Testemunho narrado por Jose Sobrinho, morador da cidade de Matão hoje com 75 anos.

Desde que me conheço por gente sofria de dores de cabeça, quando criança meus pais sem conhecimento coitados chegavam até me dar uns tapas quando dizia que não queria ir a escola por causa das dores. Já adulto foi em vários médicos, fiz tratamentos alternativos, tomei chás, o que me diziam que era bom para enxaqueca lá estava eu tentando. Isso atrapalhava demais minha vida tanto em casa com a família  como no trabalho pois tinha dias que não suportava ficar perto de ninguém muito menos falar pois até o som da minha voz aumentava a dor. Era de duas a três crises por semana, não aguentava mais ir parar em PS para tomar injeções ou remédios mais forte com soro na veia. Mas a pior coisa foi o dia do casamento da minha filha, estava com uma crise de mais de 12 horas, já tinha tomado remédios  ido ao pronto socorro mas nada melhorava, quando fui entrar com ela na igreja no meio do caminho desmaiei de dor, foi triste uma correria, tive que ser socorrido, depois fizemos a entrada novamente, mas imaginam nestas alturas tudo já tinha ficado marcado. Pensei até em tirar a minha vida durante a crise seguinte só não o fiz porque sei que o suicídio não iria me ajudar, mas ai é outro assunto. Resumindo, dois meses após o casamento da minha filha fui pescar, mal cheguei a beira do rio e a dor começou, já ia arrumar minhas coisas e voltar para casa pois sabia que seria impossível dirigir com a dor no ápice, quando um senhor chegou perto de mim e nem sei como, pois era um pesqueiro particular e não tinha por onde ele entrar.
Fiquei meio assustado pois pensei se tratar de um andarilho, ele me cumprimentou e disse se não podia pescar comigo, fiquei sem ação é engraçado, pois voltei arrumei tudo de novo, dei meu molinete a ele e começamos a conversar.
Depois de um certo tempo contei sobre minha dores e todo meu sofrimento, ele me olhou bem no fundo dos meus olhos sorriu e me ofereceu um folha, parecia um ramo de hortelã e disse para mascar. Não me perguntem como nem porque, peguei o ramo, masquei, depois de uns 30 segundo ele disse jogue fora e obedeci. Ele puxou com o pé e misturou ali mesmo em um monte de terra. Me pediu um copo de água e disse que tinha que ir embora, perguntei seu nome e como tinha entrado ali e porque me mandou mascar aquelas folhinhas e se eram hortelã? Virou-se para mim, é incrível até hoje não consigo esquecer aqueles olhos gentis, sorriu e respondeu que tinha entrado pela portaria, que sim eram folhas de hortelã e que a partir daquele momento nunca mais teria enxaqueca pois Deus tinha ouvido minhas suplicas.  Na hora foi tão esquisito era como se não estava sendo real, fui até a casa buscar água pois perto de mim no isopor só tinha latas de refrigerantes, da beira do barranco onde estava pescando até a casa são uns 15 metros, levei uns dois minutos até chegar lá pegar um copo de água do filtro e voltar, mas cadê o homem?
Fui até a portão olhei para a estrada e nada, não poderia ter ido pro rancho ao lado pois o muro era alto, fiquei com medo, arrumei minha tralha e voltei para casa, contei tudo a minha esposa que disse que eu tinha sonhado. Isso foi dia 1 de março de 1983, nunca mais tive enxaqueca, quando me aposentei comprei o pesqueiro do meu cunhado e onde estava sentado e os ramos da hortelã foram misturados com a terra, até hoje por 1 metro e 20 centímetros sem termos  que fazer nada nunca mais faltou hortelã, fiz um cercadinho e muitas vezes levei para pessoas que sofriam dessa enfermidade alguns disseram que as dores foram aliviadas outros que não, mas comigo aconteceu este fato e sou grato a Deus por isso.
**********

Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

25 comentários:

  1. Nossa fiquei comovida com esse relato
    Não foi sonho né Sr José, com certeza
    Deus enviou ali um anjo para a cura, eu
    achei muito bonita sua passagem de vida
    Que sua fé te curou, eu acredito mesmo
    Que tudo para o senhor seja alegria
    Abraços com carinho
    Rita!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Uma história emocionante, com certeza esse homem recebeu um grande milagre...


    Maravilha de post!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Muito linda o testemunho! Como Deus é maravilhoso e age de forma linda!

    ResponderExcluir
  4. Uau, que lindo testemunho, são os instrumentos que Deus utiliza para chegar até nós. Sim, eu creio em milagres, pois Ele pode tudo.

    ResponderExcluir
  5. OI PATRICIA!
    QUE RELATO LINDO, SÓ FAZ REFORÇAR NOSSA CRENÇA, PARA QUE SAIBAMOS QUE EXISTEM FORÇAS SUPERIORES, QUE PARA MIM É "DEUS", MAS, PARA OUTROS PODE TER OUTROS NOME, SÓ NÃO PODE FALTAR A FÉ.
    ADOREI.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  6. Oi, Patrícia. Nossa, essa história me arrepiou! Ainda mais que tenho dores de cabeça e já sofri muito com isso. Não se sabe se pela fé ou pela planta, o importante foi a sensação de cura, sem dúvida. E ele dar continuidade levando a planta a quem precisa também é um belo gesto. Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que história, fiquei toda arrepiada, nem sei o que dizer a não ser que eu gostaria que um homem assim aparecesse na minha vida e me desse essas folhinhas de hortelã, me livrando da Fibro rsr, seria muito bom rs bela história! Bjosss

    ResponderExcluir
  8. Oi Patricia,

    Excelente depoimento.
    Dor de cabeça é uma barra, já tive algumas que me tiraram o sossego.Que bom que apareceu esse Senhor pra ajuda-lo. Minha mãe gostava de usar ramos de hortelã pra algumas dores, acredito que seja bom mesmo. Milagres existem, e como existem...

    Beijos queridona!

    ResponderExcluir
  9. Que post lindo eu acredito em milagres
    Uma linda quinta feira para você
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Pathu! Gostei da narrativa do Sr. José e me identifiquei um pouco com ela também, pois dos 9 aos 20 anos eu não soube o que era ter um dia sequer sem ter uma terrível dor de cabeça. Já tinha até aprendido a conviver com ela. Um dia fui pescar com meu pai, pois a calma da beira do rio me acalmava. Encontramos no caminho um senhor que pedia carona e meu pai, muito solícito, lhe deu. Assim que ele entrou na cabine, me abraçou, passou as mãos sobre minha cabeça e me deu uma bala de hortelã. A bala estava melada, mas mesmo assim coloquei-a na boca. A dor passou instantaneamente e logo, após trocar umas palavras com meu pai, pediu para descer. Quando arrancamos, olhei para trás e não vi o tal senhor na beira da estrada. Comentei com meu pai e ele disse que o vira entrar no mato. Queria gritar ao mundo que eu estava sem a tal dor, mas meu pai me pedia silêncio e parecia estar conversar baixinho, como se tivesse fazendo uma oração. Penso que naquele dia eu tenha recebido também um milagre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo Augusto, sabe eu sofro demais com enxaqueca e peço muito a Deus que me liberte, eu acredito si em milagres.

      Excluir
  11. Lindo ,depoimento só aumenta a fé daqueles que acreditam,esse blog sempre surpreendendo amo estar aqui..bjs.Na paz de Jesus.

    ResponderExcluir
  12. Deus pode todas as coisas, Ele opera como quer... eu creio em milagres sim!
    Beijos
    Sarinha

    ResponderExcluir
  13. Boa noite Patrícia...
    Nossa!! Muito lindo o post de hoje..
    Eu acredito em milagres.. acredito que há um Deus que tudo pode.. que tudo vê... que sabe daquilo que necessitamos..
    E se tivermos fé.. e acreditarmos fielmente que Ele pode nos presentear com um milagre Ele o fará..
    Linda a história do Sr. José.. a prova de que Deus existe e está bem aí só esperando entregarmos a Ele a nossa fé..

    Patrícia como sempre você nos trazendo essa paz.. esses momentos de reflexão.. essa alegria..
    Que Deus continue te abençoando grandiosamente;

    Beijinhos
    Sheila

    ResponderExcluir
  14. Menina! Que história! Arrepiei! Parabéns pela participação na BC! Como você está minha amiga? Tudo bem? Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Patricia
    Nossa, já vi que esse quadro vai ser mais um sucesso em seu blog! Que história emocionante, e eu acredito em milagres assim, com certeza. Lindo!
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  16. Muito emocionnte ...eu acredito que exista um Deus bondoseo e piedoso para os que tem fé!

    bjssss


    ResponderExcluir
  17. PATRÍCIA: Boa noite! A história é realmente emocionante, querida!
    Este homem sofreu por muitos anos e pelo que parece, nunca perdeu a fé!
    Acredito que "este senhor" que apareceu era um anjo enviando por Deus!!

    Estou com alguns depoimentos das Obras de Deus para postar no meu blog, mas estou sem tempo! Uma correria com tantos trabalhos!
    Beijos querida, muita paz, união e felicidades.

    ResponderExcluir
  18. Esses milagres são tão marcantes, ao meu ver. Toda vez que os leio, algo acontece aqui dentro de mim. Para Deus nada é impossível. Ele está sempre presente, onde e quando menos esperamos. Ele nunca nos desampará e esse relato é a prova disto. Gostei da sua proposta de texto.

    ResponderExcluir
  19. A história faz pensar, Patrícia. Nem tenho muito o que falar. Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  20. Às vezes o Criador se utiliza de nossas mãos para fazer milagres...e de repente um andarilho desconhecido é o mensageiro de nossa bênção.
    Linda história...um abraço, Patrícia!

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  21. Olá Patricia faz tempo que aqui não vinha, infelizmente um acontecimento triste fez-me não ter vontade de interagir como costumava, meu anjo minha filha tem dor de cabeça deste os seis anos de idade todos os dias, agora ela esta com dezoito, vou fazer isto, sei que não sou aquele ser tão especial mas quem sabe Jesus ouve as minhas preces, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  22. Olá, Patricia.
    Bela história.
    Não há como entendermos os desígnios de forças que estão além de nossa compreensão, só nos resta aceitá-las.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  23. Um testemunho emocionante eu creio nisso com certeza.

    ResponderExcluir
  24. Olá amiga!

    Eu sou crente em Deus e acredito que o José Sobrinho foi ouvido na sua súplica, então acredito que lhe tenha enviado um anjo para ajudá-lo.

    Adorei a história.

    Obrigada por partilhares.

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário, volte sempre!!!
*Gentileza gera Gentileza*
Os comentários serão liberados, após serem aprovados, conteúdo
que contenha spam e ofensas não serão publicados.

Divulgue suas postagens

Tedioso: Os melhores links

Parceiro

Top blogs de receitas

Dados do blog

  • Top comentaristas

    Top Comentaristas by SemNome
  • Estatísticas do Blog

    Dias online
    Postagens
    comentários
  • PageRank

    PageRank
  • Assinantes do blog

  • Visitas do RoboGoogle

Divulgue nosso Banner

Link-me!