Não me toque, eu tenho T.O.C (1° Parte)


Algo errado nesta imagem? Para mim que sofro de T.O.C sim, veja a 4° fileira de pisos pretos, bem no meio na reta da primeira parede um esta fora da sincronia. Coisas assim começaram a tirar minha concentração veja abaixo o que é T.O.C

O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) ou disturbio-compulsivo (DOC) é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos obsessivos e compulsivos no qual o individuo tem comportamentos considerados estranhos para a sociedade ou para a própria pessoa; normalmente trata-se de ideias exageradas e irracionais de saúde, higiene, organização, simetria, perfeição ou manias e "rituais"que são incontroláveis ou dificilmente controláveis.
O trantorno obsessivo-compulsivo é considerado o quarto diagnostico psiquiatro mais frequente na população. De acordo com os dados da organização Mundial de Saúde (OMS), até o ano de 2020 o Transtorno Obsessivo-Compulsivo estará entre as dez causas mais importantes de comportamento por doença. Além da interferência nas atividades, os sintomas obsessivo-compulsivo (SOC) causam incomodo e angustia aos pacientes e seus familiares. 
Apesar de ter sido descrito há mais de um século, e de vários estudos publicados até o momento, o Transtorno Obsessivo-Compulsivo ainda é considerado um "enigma". Questão como a descoberta de possíveis fatores etiológicos  diversidade de sintomas e como respondem aos tratamentos continuam sendo um desafio para os pesquisadores.
Frequentemente as pessoas acometidas por este transtorno escondem de amigos e familiares essas ideias e comportamento  tanto por vergonha quanto por terem noção do absurdo das exigências autoimpostas. Muitas vezes desconhecem que esses problemas fazem parte de um quadro psicológico tratável e cada vez mais responsivo a medicamentos específicos e a psicoterapia. As obsessões tendem a aumentar a ansiedade da pessoa ao passo que a execução de compulsões a reduz. 
Porém, se uma pessoa resiste a realização de uma compulsão ou é impedida de faze-la surge intensa ansiedade. A pessoa pode perceber que a obsessão é irracional e reconhece-la como produto de sua mente, experimentando tanto a obsessão quanto a compulsão como algo fora de controle e desejo, o que causa muito sofrimento. Pode ser problema incapacitante porque as obsessões podem consumir tempo (muitas horas do dia) e interferem significativamente na rotina normal do individuo, no seu trabalho, em atividades sociais ou relacionamentos com amigos e familiares.

(No próximo post vou relatar a diferença entre Manias, SOC e TOC)

Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_obsessivo-compulsivo
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

25 comentários:

  1. Muito legal o depoimento e tive que rir com aquele piso. Dá mesmo nos nervos ver,srrs

    beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá maninha,

    Toc é um assunto bem atual para todo mundo, muita gente tem e nem percebe...

    Também tenho algumas manias bem doidas, como pentear os cabelos por ex, tem hora que me irrita, porque as vezes até andando na rua, me pego tirando o pente da bolsa e penteando meus cabelos, acho que se não existisse mais pente, provavelmente eu teria um chilique ...rsrs

    Abçs



    ResponderExcluir
  3. Realmente é ruim não ter um controle em coisas que para muitos é simples. No principio achar que é normal e em seguida ter dificuldade de reconhecer que tem o problema,ou pior, achar que não é um problema, o que dificulta para um tratamento.

    ResponderExcluir
  4. Oii Patricia, sei bem o que é esse transtorno, não sofro mas conheço quem sofre, mas mesmo não sofrendo eu não suportaria um piso assim kkk mandava quebrar na hora rsrsr simétrica eu sou e muito rsrsr ainda bem que hj tudo se controla amiga, com terapia tudo é administrável! Fique bem! Bjoooss

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post eu acho que tem muita gente que sofre com isso
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu já ouvi falar, mas não sabia direitinho o que era.. agora entendi..
    Nossa Patrícia, deve ser muito ruim né?
    Lendo agora eu descobri que uma tia minha por parte de pai tem.
    Interessante demais esse post, como sempre os assuntos que você nos tras..
    Um beijo carinhoso e uma tarde mais que linda viu?
    Sheila

    ResponderExcluir
  7. Eu acho importante que levante este assunto e ele seja divulgado o máximo possível para que ele seja bem esclarecido. A ignorância a respeito do mesmo ainda é grande. Muitas pessoas confundem manias comuns, que qualquer ser humano tem, à escravidão que o T.O.C submete ao seu portador.
    Eu acho que sou tão desorganizado que fui o único que não se incomodou com este piso. Para mim simetria é indiferente.

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...


    ResponderExcluir
  8. Oi Patricia!
    Acho que estou desconcentrada,pois fiquei olhando o piso um tempão e não achei nada de estranho.
    Só quando li o texto,percebi o que estava 'errado'.
    Gostei de ler sobre TOC,é sempre bom se informar a respeito.
    Ainda bem que este transtorno de ansiedade,tem tratamento e controle.
    Bjs \o/

    ResponderExcluir
  9. Que coisa ruim né..quem tem sofre mesmo
    pq nem percebe algumas coisas que faz,
    e olha eu nem percebi o piso fora rrsrrs
    Mas acho que não tenho não, fazer uma terapia
    é bom , o Roberto Carlos é quem diga, pq
    ele tem e sofre tbém com isso
    Um abraço e se cuida......
    Bjuss
    Rita
    ‎(¯`v´¯)
    `·. ¸.·´
    ☻/
    /▌

    ResponderExcluir
  10. Graças á DEUS eu não tenho isso aí.... Deve haver um equilíbrio em nós... mas existem sim muitas pessoas que fazem as coisas de maneira desiquilibrada e consequentemente são afetadas por esse transtorno..

    ResponderExcluir
  11. Olá Patrícia, deve ser mt ruim ficar presa a certas situações as quais não temos controle. O TOC é sério e deve ser tratado. O mais importante é que vc diagnosticou o TOC e se cuida, mts não dão a devida importância e o problema só tende a piorar.
    Mt esclarecedor o seu post, assim ajudará outras pessoas tbm!
    Bjsss
    Sileni
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  12. Patrícia, aprendi algo muito interessante durante meu curso para o CVV: um tabu só deixa de ser tabu quando falamos sobre ele. Acho importantíssimas matérias como essa, esclarecedora, que fazem com que os preconceitos caiam por terra. Só quem sofre com algum distúrbio sabe o que passa e ninguém tem o direito de julgar ou criticar. A partir do momento que a pessoa aceita e procura tratamento, o apoio é um meio de potencializar a melhora. Ah, adorei a próxima Blogagem! :) Um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Amiga, bom post, esclarece quem precisa, pois têm pessoas que nem sabem mesmo do problema!
    Quanto ao piso, nossa é tão visível que quaisquer pessoas se incomodariam, portanto...!!!
    Abraços e tenhas um bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  14. Olá Patrícia:
    Será que estou com mais alguma doença? Não vou aguentar. O piso está ou não fora? O que eu não suporto é roupa listrada. Responde aqui pra mim e mais tarde volto.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  15. Oi amiga,
    também tenho algumas manias, não compro nada com seis - cebola, tomate, batata, etc...tem que ser cinco ou sete, nunca seis e não uso tênis, nem que me matem.
    Beijocas
    Sarinha

    ResponderExcluir
  16. Patricia. Muitos têm TOC e negam. Legal é quando saímos enriquecidos com a troca de experiências e ideias. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Pat querida! Como você está? Bacana você fazer uma postagem sobre o assunto e compartilhar! Tem um filme, mais ou menos antigo, com Jack Nicholson e Helen Hunt, muito interessante, que aborda o assunto... Se não me engano o nome é "Melhor, Impossível", recomendo!É otimo! Tem post novo! Não tenho conseguido visitar a todos como gostaria.....
    Um abençoado e feliz fim de semana!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Patricia!
    Bem interessante essa postagem.
    Não deve ser fácil ter de lidar com isso, mas certamente com o tratamento adequado irá ter resultado.
    Um feliz fim de semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  19. Muito corajoso seu depoimento! Falar(escrever) o que se vive, mesmo sem ter certeza de que será ouvido(lido) já dá a sensação de alívio por sentir que está dividindo a carga.
    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Oi Patrícia
    Se essa doença é ter manias, então estou livre. Eu deixo a vida me levar, não ligo para nada, mas eu tenho uma vizinha, coitada, lava o quintal 5 vezes por dia, a outra todos os dias quer me converter a sua religião.
    Beijos querida
    Dorli

    ResponderExcluir
  21. Oi Patricia
    Eu não tenho TOC, não que eu saiba kkkkk, mas também já basta ser bipolar, mas eu percebi o erro na hora. Legal o post, muito explicativo.
    Obrigada pelo carinho no blog.
    Bjos. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  22. É muito dificil mesmo falar sobre isto, muitos se envergonham de seus atos, parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir
  23. Eu sofro de alguns sintomas, mas procuro me policiar ao máximo.
    Mas confesso que o erro na foto me incomodou bastante... hehe!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Olá Pati, minha amiga!

    Como estás?
    Realmente, notei a diferença existente no chão e para mim isso seria tido como um erro, um defeito de quem fez. Se fosse em minha casa, o erro teria de ser corrigido. Sou um bocado exigente com esse tipo de coisas, mas se acaso não pudesse ser corrigido não ficava incomodada com isso.

    Não sabia que isto era TOC.

    Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  25. Olá amiga Pati.

    Ocorreu um erro e não sei se o comentário foi adicionado, ou não. De qualquer modo, admiro a tua coragem por falares publicamente de assuntos que fazem parte da tua vida íntima.
    Parabéns!

    Notei o erro da foto e se tivesse acontecido em minha casa, consideraria uma grande incompetência profissional. Exigiria a correcção desse erro, mas se não fosse possível corrigir, acabava por esquecer esse detalhe.
    Não sabia que isto se chamava TOC.

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário, volte sempre!!!
*Gentileza gera Gentileza*
Os comentários serão liberados, após serem aprovados, conteúdo
que contenha spam e ofensas não serão publicados.

Divulgue suas postagens

Tedioso: Os melhores links

Parceiro

Top blogs de receitas

Dados do blog

  • Top comentaristas

    Top Comentaristas by SemNome
  • Estatísticas do Blog

    Dias online
    Postagens
    comentários
  • PageRank

    PageRank
  • Assinantes do blog

  • Visitas do RoboGoogle

Divulgue nosso Banner

Link-me!