Mostrando postagens com marcador Entrevista com Blogueiros. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Entrevista com Blogueiros. Mostrar todas as postagens

Hoje estou lá no Agenda Blog ( Convido todos com carinho para lerem minha entrevista)

 Hoje estou participando do projeto elaborado pela Magda Moreira, intitulado
"De frente com os Blogueiros", onde foram entrevistados nomes conhecidos da blogosfera.
Tive a grata surpresa em ser escolhida para encerrar este circulo, convido a todos gentilmente 
para conferirem a minha participação e também conhecer o espaço maravilho criado para divulgação  
de blogs da querida Magda.

"Peguem suas xícaras de café e vamos a leitura"


Agradeço de coração o convite da Magda e confesso que fiquei emocionada com tudo que disse
a meu respeito na abertura do post, Deus abençoe!!!
São gentilezas assim que nos fazem ter fé na humanidade.

**********
**********
**********


Leia Mais

Café entre amigos entrevista a Claudio Chamun ( Blog Histórias, estórias e outras polêmicas)


Claudio Chamun é o décimo quarto blogueiro a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

1- Nos conte como, quando e porque decidiu criar o blog e como escolheu o nome?
R: Desde pequeno eu gostava de escrever, mas era muito tímido. Por isto, não desenvolvi a técnica.
Mas velho ( bem mais velho- risos) comecei a escrever os textos e enviar por e-mail para um público restrito. Logo, com a febre dos blogues, começou a pressão dos amigos para eu criar um. Eu resisti até junho do ano passado quando finalmente criei. O nome é devido ao fato que o blogue eu posto histórias verdadeiras, ficção e assuntos polêmicos.
Assim, Histórias, estórias e outras polêmicas caiu bem aos textos que crio.

2- Nos conte um pouco sobre seu cotidiano e a cidade que reside.
R: Atualmente moro na cidade de Lajeado-RS, mas estou mudando. É uma cidade bonita e tranquila.
Tem boa infraestrutura. É uma pena ter que ir embora.
Trabalho com tecnologia da informação, vulgo TI e não tenho emprego fixo. Logo, onde tem projetos
eu vou. Assim virei meio cigano. Quem quiser me contratar avisa que eu mando um currículo.

3- Como é o Claudio cidadão, pai, filho, amigo e profissional?
R: Como cidadão procuro respeitar os valores, fazer tudo correto. Nem TV a cabo gato eu tenho- risos. Como pai as vezes sou herói, as vezes mico, mas sinto o amor e o carinho dos meus filhos assim como
dos meus pais. Procuro estar sempre próximo.
O irmão também se resume aos sentimentos acima. Os irmãos são aqueles amigos próximos com quem
a gente briga mais, mas ai daquele que relar com eles. Entretanto, as brigas com os irmãos não acontecem mais. Já passamos da idade. O amigo é sincero e presente para todas as horas.
Vou falar do Claudio marido, pois não quero dormir no sofá- risos. Bom, basta ter alguns posts no meu
blog para ver o meu romantismo e o quanto sou apaixonado pela minha esposa Fabrícia.
Não escondo de ninguém. Já o Claudio profissional não é tão "palhaço" como na vida social,
mas ainda conta umas piadas. Prefiro trabalhar com equipe e visto a camiseta.

4- O que há de melhor e pior no Brasil?
R: De melhor é o povo caloroso, a beleza, a alegria e mais um monte de coisas. De pior sem dúvida nenhuma é a política.
Por causa desta política fraca para nós e forte para os próprios interesses é que surgem a fome, impunidade, ignorância e falta de cuidado com nossa saúde, com nossos idosos e muito mais problemas sociais.

5- Você é a favor ou contra a aplicação da pena de morte e redução da maioridade penal?
R: Eba! Assuntos bem polêmicos. Adoro.
Sou plenamente a favor da pena de morte. Um indivíduo que mata uma pessoa para roubar ou
simplesmente por matar, é claro que na minha humilde opinião, não tem recuperação.
Imagina aqueles com um monte de morte nas costas.
Se alguém vai assaltar armado é porque está disposto a matar, se acontecer, para mim
não tem perdão. Quanto a maioridade penal é pouco mais delicado. Sou a favor, mas é necessário ter presídios para menores. Não dá para misturar com os mais velhos, se não piora tudo. Se eles não forem estuprados ou mortos, irão aprender mais crimes. Não me venham com CASA (antiga FEBEM)
pois sabemos como funciona, ou melhor, não funciona.

6- No banner do seu blog você diz que sua criatividade vai depender de sua inspiração, logo o texto sendo bom ou ruim é criticável assim como a própria crítica. Já teve problema com algum leitor e onde busca inspiração para as postagens?
R: Felizmente nunca tive problemas com leitor. Uma vez alguém postou um comentário em um dos
meus posts dizendo que meu texto era fake para disseminar a homofobia. Não chegou a ser
problema. Acho que ele não leu direito, pois o texto era justamente sobre um fato real e eu metendo
pau na homofobia. Deixei um comentário explicativo e duro. Ele não respondeu. Entendeu ou não
voltou mais. A inspiração está em todo lugar. A gente só precisa estar atento. Pode ser um
acontecimento recente ou passado, uma foto, um sutiã sobre a cama, um exame médico, a história
de uma amigo, etc. Nós só precisamos desenvolver.
Uma vez eu vi uma foto de um cálice, então criei "O ultimo cálice" e assim vai. É claro que as vezes
dá um bloqueio total, mas são fases.

7- Quais são seus escritores preferidos e o que gosta de ler?
R: Alexandre Dumas e Sidney Sheldon. Gosto de suspense e de estórias de vingança como o Conde de Monte Cristo.

8- O que costuma fazer para descontrair principalmente quando percebe que precisa dar um tempo e pensar?
R: Sair com a esposa, escrever e se tiver na praia vou olhar o mar.

9- O que te tira do sério e o que te faz sorrir?
R: O que me tira do sério é a falta de educação e a injustiça.
Sorrir é mais fácil, uma gracinha dita, outro sorriso, uma molecagem de uma criança, muitas coisas.

10- O que jamais perdoaria?
R: Acho que não saber perdoar é pior do que o ato cometido por quem pede ou necessita de perdão. Porém, traição e mentiras constantes é complicado de administrar.

11- Você acredita em Deus? Se sim como o imagina?
R: Outro assunto polêmico, mas este não gosto de discutir. Já acreditei muito, depois parei de acreditar.
Hoje não sei. Talvez, eu perca muitos leitores com isto, mas estou sendo sincero.
Não consigo imaginar ele em algum lugar ou estando em todos os lugares como alguns pregam.

12- Qual a melhor viagem que já fez?
R: Para o Nordeste sem sobra de dúvidas. Conheci Alagoas, Rio Grande do Norte e Ceará em uma só viagem. O povo nordestino é muito caloroso e os turistas como eu eram de vários estados o que fez eu ver de perto o quanto os brasileiros são especiais me dando vontade de conhecer mais de todos os estados.
Para que meus amigos baianos não fiquem de bronca comigo eu explico que já fui em Salvador.
Foi a trabalho, mas o que vi, me apaixonei. Tem até um post sobre o assunto. É que a viagem anterior foi em férias e mais longa.

13- Qual sua maior qualidade e seu pior defeito?
R: Como qualidade podemos colocar a sinceridade. O maior defeito é horrível, mas sou muito explosivo e isto machuca as pessoas. Não sou violento, mas as vezes as palavras machucam. Logo, preciso me controlar mesmo quando me tiram do sério.

14- O que é viver bem para você?
R: Ser livre, ter um bom emprego. Não precisar de luxo, mas ter conforto. Ter amor da família e dos amigos.


Responda depois dos pontos:
A maior decepção da minha vida foi quando..........descobri a falsidade de um ex-amigo.
A morte é..............................................uma incógnita.
Nunca tive medo de......................................cara feia.
Jamais faria.............................uma injustiça voluntária.
Amar de verdade...........é se entregar a pessoa amada.
Hoje sou.................um palhaço que tenta levar alegria.

Deixe uma frase para nossos leitores
A sinceridade é uma necessidade. Ela pode ser dura, mas a quando pessoa que recebeu as palavras sinceras ficar lúcida, perceberá que a sinceridade é do bem. Já, a bajulação nem sempre é honesta.
É bom de ouvir, mas pode causar decepção. E a decepção dói muito.
Visitem meu blog, curtam minha página no face, usem camisinha e protetor solar.Claro que não necessariamente nesta ordem, e cada um no momento certo.
Beijos e abraços, cada um pegue os seus.

*********
*******
Para acessar o blog do Claudio acesse o link abaixo:

Blog Histórias, estórias e outras polêmicas

Leia Mais

Café entre amigos entrevista a blogueira viajante Kellen Bittencourt (Blog Trilhamarupiara)

Kellen Bittencourt é a décima terceira blogueira a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

Antes de responder essa entrevista, quero agradecer de coração a Patricia pela oportunidade de tomar esse café com seus leitores! Adorei!! Obrigadooo!

1- Quando criou seu blog qual era a intenção, o que mudou e porquê?
R: Criei meu blog por duas razões, inspirar outras pessoas para viajarem mais e auxilia-las com as dicas informadas sobre cada destino por onde vou, e também por que tenho a memória muito ruim, esqueço rápido das coisas, então queria deixar registrado tudo que acontece nas viagens, um diário virtual, para que eu e minha família nos lembremos de todos os momentos que passamos estrada a fora!
Os objetivos não mudaram, porém o blog tem alcançado proporções que eu não esperava, hoje o mesmo faz parte da Associação Brasileira de Blogs de Viagens, e Rede Brasileira de Blogueiros de Viagens, o que acarreta responsabilidades que vão além de blog pessoal!

2- Quais as dicas que deixaria aos seguidores do blog que estão pensando em viajar para o exterior
pela primeira vez?
R: Preciso fazer um post a respeito deste assunto, mas inicialmente minha dica é começar pelos países vizinhos, Peru, Chile ou Argentina!

3- Repetindo quais as dicas para quem está pensando em viajar pelo Brasil?
R: Os destinos estão mega caros, portando a antecedência para reservar hotéis e passagens é
fundamental, tudo com menos de 90 dias fica 3 vezes mais caro!

4- Nosso país é tão belo, poderíamos investir mais em turismo, na sua opinião porque isso
não é feito?
R: Investimentos existem, o que está faltando é baratear os preços para que os brasileiros deixem
de preferir viajar para fora do Brasil!

5- Dentre todas as viagens que fez qual foi a mais gratificante e a que decepcionou mais?
R: A mais gratificante foi Cancún, por que dei uma esticadinha até a Península de Yucatan, e
conheci minha primeira maravilha do mundo, foi um momento inesquecível, me emocionei muito,
por que meu objetivo é conhecer as 7 maravilhas do mundo, então a primeira foi marcante!
Não tive decepções, mas esperava mais de Buenos Aires, achei a cidade suja!!

6- Cite três cidades dentro do Brasil que deveríamos conhecer e porquê?
R: Eu diria que as cidades históricas de Minas, por toda a história, a fantástica gastronomia, e o
aconchego mineiro!
O Rio de Janeiro, apesar de todas as desvantagens como segurança, e preços, é de uma beleza
exuberante, e seus pontos turísticos são encantadores.
Porto Seguro onde o Brasil foi descoberto, tem história, belas praias, é um destino relativamente
barato, muitas opções noturnas e gastronomia sensacional!

7- Dentre tantas viagens que fez dentro e fora do Brasil, em algum momento sofreu algum
tipo de discriminação?
R: Sim, recentemente em Londres senti que as pessoas me olhavam com indignação por não
falar inglês, para eles isso é um absurdo, como se você fosse "Retardado" com perdão da
palavra! Me arrependi muito de não ter feito investimento no inglês, me matriculei várias vezes
no decorrer da minha vida, mas nunca levei a sério!

8- Você é contra ou a favor aplicarem a pena de morte?
R: Sou a favor, dependendo da situação!

9- Estamos vivendo tempos de muita violência, já pensou em ir morar fora do Brasil?
Se sim, qual seria o país e porquê?
R: Sim ultimamente meu marido tem considerado a possibilidade de morarmos fora dentro de
 uns 3 anos, não sabemos o país mas seria algum país da Europa!

9- Como é a kellen irmã, filha, mãe, cidadã e turista?
R: Perfeccionista, dedicada, generosa, entusiasmada, engraçada, ( sim, brinco o tempo todo, faço
piada de tudo, mas quem melhor sabe disto são minhas filhas que ficam mais próximas de mim)
sou preguiçosa quando se trata de cozinhar, animada quando se trata de faxinar, muito
preguiçosa quando se trata de malhar rsrs
Meu maior defeito é a dificuldade que tenho de compreender por que algumas pessoas ficam estagnadas,
e não se mechem para mudar isso!

10- Você nasceu em Minas Gerais e hoje mora no Estado de São Paulo, quais as maiores diferenças
que sentiu, seja cultural, gastronômica e etc.
R: Muitas, inúmeras, São Paulo tem um leque de opções culturais e de lazer muito maior que Minas,
as rodovias são melhores, as escolas mais puxadas, as opções de crescimento são maiores, os
salários melhores, mas as pessoas são mais frias, o mineiro é mais acolhedor!

11- No seu blog mesmo dando dicas de viagens o que nos ajuda muito, acaba expondo um pouco
sua vida e da sua família, em algum momento se arrependeu de algum post?
R: Sim, me arrependi de ter exposto coisas muito pessoais na BC Pequenas Felicidades, começou
a me incomodar o fato de pensar que as pessoas poderiam achar que você está se vangloriando ou
se exibindo, removi a Tag e não participo mais, mas adoro conferir as alegrias das amigas, porém
muitas vezes, coisas que são comuns para uns não são para outros e as pessoas acabam não
dando a correta interpretação!

12- Você tem uma vida agitada, é mãe, esposa, dona de casa e viaja muito, quando é que a Kellen 
precisa dizer "para tudo", estou precisando tomar um folego" e o que faz para si?
R: O blog nos toma muito tempo, depois que criei deixei de fazer algumas coisas que tinha planos
de fazer, as vezes a rotina fica prejudicada pelo tempo dedicado a ele e a nete, ai as coisas
vão se acumulando até não ter mais jeito e ter que dar um STOP no Blog! 
Nesse momento estou olhando mais para mim, me matriculei em um curso de fotografia, e
comprei alguns aparelhos para fazer atividade física em casa, já que tenho preguiça de
academia, estou esperando chegar, agora vai ou racha!

13- O que jamais perdoaria?
R: Não perdoo o erro médico que contribuiu com a morte da minha mãe, me arrependo de não
ter processado o médico, acho que se tivesse, viveria mais em paz hoje!

14- Acredita em Deus? Se sim como o imagina?
R: Acredito, uma vez vi uma imagem em um sonho, parecida com o Buda, mas não era um Buda,
era um homem careca, sentado em um lugar alto cheio de vestes brancas, fiquei com essa imagem
na cabeça e sempre que penso em Deus me lembro dela!

Responda depois dos pontos:

Tenho medo de um dia...........perder as pessoas que amo.
O amor é......primordial para que a vida tenha mais sentido.
A maior decepção da minha vida...desgastar minha saúde por um trabalho que não valia a pena.
Uma palavra que não existe no meu vocabulário........regime, dietas.
Tive muito medo quando..........me formei.
Um dia que gostaria de reviver foi quando.........ixiii são muitos.
Um casamento para dar certo tem que ter.........amizade.

Deixe uma frase para nossos leitores
"Se um dia você tiver que escolher entre o mundo e o amor, escolha o amor, por que com
ele você poderá conquistar o mundo"
(Albert Einstein)
*******

Para conhecer o Blog basta clicar no link abaixo, tenho certeza que as dicas postadas
serão de grande ajuda para quem deseja viajar.



******


Leia Mais

Café entre amigos entrevista a escritora e blogueira portuguesa Cris Henriques


Cris Henriques é a décima segunda blogueira a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

1- No momento você possui três blogs, faça um breve relato dos assuntos tratados em cada um.
R: Olá amiga Patricia, é uma honra para ser entrevistada por ti e para o teu blog Café entre amigos. Na verdade possuo 5 blogs, mas um deles está como privado e serve apenas para testes nas Templetes, nos widgets/gadgets e capturas de telas para tutoriais. Chama-se blog de testes de Cris Henriques.
O Que O Meu Coração Diz, é o meu blog principal, o #1. É o atualizo diariamente com um post e nele escrevo poesias do livro com o mesmo nome que publiquei antes de criar o blog. Além das poesias contidas no livro, escrevo outras inéditas também. Escrevo ainda contos, reflexões, falo de aplicações para Android, faço tutoriais em geral, que inclui web design e soluções para problemas no computador e etc.
Jake e Mary, é o meu primeiro blog/livro. Um blog livro, é um livro que se lê online gratuitamente e fica disponível para ser lido em todo o mundo. É atualizado semanalmente aos domingos, com um novo capitulo. Escrevo em português de Portugal, mas o blog tem tradutor. "Jack e Mary, conta a história de um amor proibido entre um jovem surfista californiano, que se apaixona por uma jovem judia.
O Espaço Consciência Pura, é um blog administrado por mim e pela minha Mãe Idália Maria Rodrigues, dos blog: Cake Design & Sabores da Nossa Vida, Miminhos da Idália e Falando Com Os Meus Botões.
No Espaço Consciência Pura, falamos de espiritualidade, reiki, espiritismo, meditação, autoajuda, etc. Tentamos ajudar as pessoas com as nossas experiencias, partilhando-as no blog.
E para finalizar, o blog Red Feather Love Tales. Apesar de o nome estar em inglês, escrevo em português, como nos meus outros blogs. Escolhi este nome porque o blog tem contos eróticos principalmente. É um blog com conteúdo adulto, não indicado a menores de 18 anos. Neste blog escrevo esporadicamente.

2- Conte um pouco do seu cotidiano e do lugar em que mora.
R: Ora bem, vivo no campo mas perto da cidade. Gosto de viver aqui, perto da natureza. De dia ouvem-se os passarinhos a antarem, de noite os grilos, as cigarras, os mochos e os morcegos. Vê-se bem o céu de noite, iluminado com a lua e suas amigas estrelas.
Sentem-se muito bem os cheiros das 4 estações do ano, na Primavera sente-se o perfume das flores, no Verão sente-se o cheiro dos frutos; da erva fresca. No Outono, os cheiros são diferentes e também as cores, começa a cheirar o frio. No Inverno, sente-se o cheiro intenso do frio, que aqui é muito intenso.
Gosto muito de escrever, ler e aprender coisas novas, principalmente ligadas ao mundo da informatica e do mundo de web design.

3- Você é uma pessoa que age mais com a razão ou coração?
R: Ajo mais com o meu coração para assuntos que envolvam emoções e sentimentos. Para lidar com situações materiais, uso a razão, a mente.

4- Já lançou um livro que se chama O Que O Meu Coração Diz, quando começou a perceber o dom da escrita e qual seu próximo projeto?
R: Pensando e analisando bem, só me apercebi do dom da escrita pouco tempo depois de me ter apaixonado. Comecei a escrever poesia, pensando no meu Amor. Ficava a recordar os nossos momentos, ou olhava para a sua foto e escrevia. Até que certa vez, mostrei alguns desses a alguns amigos e eles acharam-nos muito bons. Começaram a encorajar-me a escrever um livro. Inicialmente, não liguei pensei que eles estavam a brincar comigo. Mas depois, vi que não era brincadeira e comecei a escrever com essa finalidade. Decidi então, dedicar esse livro à minha Amada, em jeito de declaração de amor.

5- Qual sua maior fonte de inspiração?
R: A minha maior fonte de inspiração, é o meu amor. É na minha Amada que penso, quando escrevo a grande maioria das coisas, dependendo do tema.

6- Você é contra ou a favor a aplicação da pena de morte?
R: Sou contra. Penso que ninguém deve tirar a vida a ninguém, nem ninguém tem esse direito. Nós não somos Deus, somos seres errantes com muito ainda a aprender. Uma prova disso, por exemplo, é não conseguirmos compreender nem aceitar os seus misteriosos desígnios. Não aceitamos nem respeitamos os seus mandamentos, "NÃO MATARÁS", é um desses mandamentos. Somos espíritos arrogantes, ignorantes e cínicos, usamos a pouca inteligencia que possuímos para interpretarmos as Leis Divinas como bem nos aprouver. A pena de morte desrespeita Deus.

7- O que há de melhor e pior em Portugal?
R: Como em todo mundo, temos coisas boas e outras menos boas. Mas vou começar pelas boas. Creio que Portugal está muito bem a nível de tecnologia. Atualmente, temos acesso à internet em praticamente todo o lado. A nossa gastronomia, também é muito boa. Está a começar a nascer nos portugueses, sentimentos de amor ao próximo e de caridade. Quanto ao pior, bem...são muitas coisas, infelizmente. Temos diversos problemas, principalmente a nível politico. Existem problemas na gerencia do governo, que tem conduzido Portugal ao caos. São problemas econômicos, no setor da saúde, no emprego que remetem os portugueses para o desemprego e força-os a procurar trabalho no estrangeiro. Existem novos impostos que são altos e os existentes são aumentados, cortam nas reformas de idosos, nas pensões dos deficientes que mal ganham para comerem. Uma lamentável tristeza.... E para terminar a descrição, a corrupção continua a ser a rainha e senhora, enfim!

8- O que jamais perdoaria?
R: Minha amiga Patrícia, está é uma pergunta que sinto dificuldade em responder atualmente. Não sou uma pessoa de guardar ressentimentos, ou mágoas, nem de alimentar ódios. Porem, às vezes tenho fúrias e quando tenho esse momento preciso de tempo para digerir aquele acontecimento. Numa primeira fase, afasto-me da pessoa. Mas o tempo tudo cura e acaba por me passar a fúria, perdoando a pessoa. Chego a esquecer mesmo o ocorrido. Se me tiveste feito essa pergunta há 7 anos atrás, responderia imediatamente sem hesitação: A traição!
Contudo, hoje mudei essa forma de pensamento. Hoje já penso que se realmente amasse aquela pessoa, seria capaz de perdoar se sentisse que ela estava arrependida do erro que cometera e que estava a esforçar-se para me voltar a reconquistar. Falo de traição a qualquer nível, porque quando nos traem ocorre a perda de confiança. No entanto, tenho consciência de que sinto muita dificuldade em perdoar quando fazem mal às pessoas que amo, talvez por ser extremamente protetora.

9- Quais seus escritores preferidos e o que costuma ler?
R: Gosto de ler Paulo Coleho, Nicholas Sparks, Isabel Allende, Florbela Espanca, Dulce Regina, Briam Weiss, Allan kardec, Chico Xavier, Osho, etc. Presentemente, tenho-me dedicado à literatura de espiritismo e de espiritualidade.

10- Como é a Cris filha, amiga, irmã e escritora?
R: Como filha, amiga e irmã sou: positiva, dedicada, protetora, atenciosa, sensível, compreensiva, sincera, frontal, exigente e, às vezes agreste e durona.
E como escritora sou: apaixonada, intensa, romântica, criativa, irreverente às vezes e exigente.

11- Quando seu livro foi lançado teve algum receio?
R: Sim, tive alguns porque o livro revela em poesia o que sinto e o que sou. Ou seja, mostra a minha homossexualidade. Tive receio do preconceito. Havia familiares, alguns amigos e conhecidos que desconheciam, mas que com a leitura do livro ficaram a saber.

12- Já teve alguma decepção no mundo virtual?
R: Sim, já tive. Houve uma pessoa que após ter revelado a minha deficiência apagaram o meu contato.

13- Acredita em Deus? Se sim, como o imagina?
R: Acredito, mas até aos 21 anos fui muito céptica. Aos 22 anos mudei, foi quando comecei a estudar astrologia. Deus é uma energia, a energia do Amor. É por ser uma energia que, nunca ninguém O viu e portanto, não tem forma humana. Para mim, Ele é o Sol.

14- Quais os benefícios da internet na sua vida?
R: A internet é sem duvida uma das melhores coisas que foram inventadas no mundo, pois permite-me ampliar os meus conhecimentos a vastos níveis, melhorar a minha expressão escrita e também ser mais criativa. Além do mais, estar em contato com as pessoas que amo através do Msn/Skipe, redes sociais e blogar, que é algo que adoro.


Responda depois dos pontos:

Meu maior defeito é ..............o ciúme.
Nunca tive medo de........ouvir o que o meu coração diz.
Faz bem a minha alma quando......estou à beira mar meditando.
Morte é.......o prosseguir a vida numa nova dimensão, um regresso às nossas origens, um regresso a casa.
O amor verdadeiro nunca...... termina, está em constante renovação, como a vida.

Deixe uma frase para nossos leitores
Se queres ser feliz, enamora-te e ama escutando o que o teu coração diz.

Uma bela imagem enviada pela Cris.
*********

Conheça alguns dos blogs da Cris

-Blog O Que O Meu Coração Diz

-Blog livro Jack e Mary

-Blog Espaço Consciência Pura

*****
*****
*****
*****

Onde comprar o livro de poesias da Cris
http://corposeditora.com/site/mostra_obra.asp?idcoleccao=20&idobra=460

Onde comprar E-book


Leia Mais

Café entre amigos entrevista a Bia Hain (Blog Revolta e Romance)

Bia Hain é a décima primeira blogueira a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

1- Seu blog acabou de completar dois anos, no seu post de comemoração descreveu as mudanças ocorridas durante esse período, conte o que tinha em mente quando criou o blog, o que mudou e porque?
R: Criei o blog em um contexto diferente, querendo viver emoções que ficariam guardadas, mas cercada por impedimentos, e o blog foi um veiculo de transbordo. Hoje ainda quero viver tais emoções, mas resolvi pendências e a experiência da dor me fez desenvolver mais equilíbrio e fé. O amor permanece, forte.

2- Conte um pouco sobre seu cotidiano e sua cidade.
R:
Trabalho manhã e tarde em escolas diferentes, com Ensino Fundamental, tento me alimentar bem, aprendi a gostar de exercício ao ar livre, fotografar e blogar nas horas vagas. Minha cidade não tem muitos atrativos e quando quero ir a algum show, vou à Capital, perto daqui.

3- Tem uma musica que gosto de ouvir na voz da Elis Regina que em um dos trechos diz:" Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais", como é a Bia mãe?
R: Tento ser amiga colocando limites quando necessário. Cuido, mas sem superproteção, oriento sobre escolhas mas deixo que minha filha faça as delas, tenho sorte porque ela não é baladeira nem tem vícios, tento compreender seus erros sem acusá-la com o "eu não disse?".

4- Você é a favor ou contra a aplicação da pena de morte?
R: Sou contra porque acho que não temos direito de tirar a vida de ninguém, porém a favor de um sistema que avalie a personalidade do preso antes de conceder tantos benefícios, e em caso de psicopatia, conceder prisão perpétua.

5- Porque a educação em nosso pais está tão desvalorizada? Um povo sem conhecimento não pode exigir seus direitos, seria esse um dos motivos?
R: Penso ser uma questão cultural...os pais de hoje vieram de uma geração onde o ECA foi mal interpretado, tudo foi liberado e não aprenderam que a escola, é sobretudo, local de respeito entre as partes sociais. Com respeito haveria disciplina, entendimento do papel da escola na vida do aluno e valorização por parte dos pais, acompanhando e exercendo efetivamente seu papel. Penso ser esse o principal motivo: os pais tem abdicado muito do seu papel de educar e cobrar do seu filho que pratique o que lhe é ensinado. E assim, quem tem conhecimento ter argumentos porque sabe o que lhe é de direito.

6- Seus textos sempre são escritos com o coração, pelo menos é essa impressão que temos pois consegue nos prender. Você foi aquele tipo de garota que teve diários?
R: Siiiim...tem vários guardados na casa do meus pais, e as partes mais secretas (besteiras, óbvio, hahaha), eram escritas em símbolos que eu inventei.

7- O que há de melhor e pior no Brasil?
R: Melhor, a alegria. Pior, a injustiça social.

8- Devido aos últimos acontecimentos no nosso país acha que alguma coisa irá mudar? Que as pessoas estão tendo consciência do poder que possuem?
R: Acho que há faísca uma faísca onde há necessidade de uma fogueira. O problema é que, pela falta de conhecimento e foco, as manifestações ficaram confusas e acabam não levando à objetivos efetivos. E outra, quem sabe pelo que "brigar" não precisa agir com vandalismo ou violência para se fazer ouvir.

9- Tenho a impressão que és uma pessoa que age mais com o coração do que razão se isso for fato, qual a maior vantagem e a desvantagem de ser assim?
R: Tenho as duas partes bem acentuadas dentro de mim. Gostaria de viver livremente pelo coração, mas a vida me ensinou que o coração pode nos colocar em enrascadas se nos deixamos dominar por sentimentos silenciosos ( carência, ciúme, raiva, insegurança...). Então aprendi a sentir com o coração e agir com a razão. Faço sempre o possível para equilibrar os dois.

10- Quais os países que gostaria de conhecer e porquê?
R: Não há um especifico, cada um tem belezas e atrativos....adoraria viajar para qualquer um.


11- O que jamais perdoaria?
R: Eu acho que não há o que eu não perdoaria ( desde que no seu devido tempo), mas não gosto de sentir que fiz papel de tola.

12-As vezes não estamos muito bem, seja por motivos pessoais, profissionais ou familiares. Quando percebe que precisa dar um tempo o que faz?
R; Hoje, posso dizer que é quando começo a ser dominada por medo e insegurança. É a hora que eu paro e tento me alimentar com bons pensamentos e fé. E quando estou cansada e me dá vontade de chorar.

13- O que te tira do sério e o que te faz sorrir?
R: Não gosto quando falo uma coisa e entendem outra, tomando decisões a partir de uma dedução errada sem me perguntar. O que me faz sorrir...família, crianças, natureza, quem amo...

14- Você acredita em Deus? Se sim como o imagina?
R: Sim. Imagino como naquelas imagens de quadros, mesmo, hahaha.

Responda depois dos pontos:
A maior decepção da minha vida foi quando.........decepcionei as pessoas que amo engravidando, mas tive um ganho enorme, que foi minha filha. Acho que a maior decepção é aquela que temos conosco e o mais difícil, aprender a nos perdoar.
Tenho medo de um dia............perder a memória.
Jamais faria....................................matar alguém.
Nunca consegui aprender.....a fazer curvas com o skate. Mas estou tentando.
Amor de verdade é........querer fazer o outro feliz.

Deixe uma frase para nossos leitores
"Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande, é a sua
sensibilidade sem tamanho"
( Marta Medeiros)
*******
Blog
Revolta e Romance
http://revoltaeromance.blogspot.com.br/


Bia também é autora do
Blog
Culinária da boa
http://culinarianaboa.blogspot.com.br/

****************
************
*******
Leia Mais

Convido os leitores gentilmente...


Convido todos os amigos que passarem por aqui hoje para conhecerem o Blog Sala de Visita, onde o autor Carlos Hamilton gentilmente me convidou para participar de uma entrevista.
Espero que gostem e mais uma vez agradeço tanto ao Carlos como a todos que passarem por lá o carinho que sempre me dedicam. 

Blog Sala de Visitas
http://blogdocarloshamilton.blogspot.com.br/

*************************


Leia Mais

Café entre amigos entrevista a Sérgio Santos (Blog de Olho nos detalhes)


Sérgio Santos é o décimo blogueiro a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

1- Conte um pouco do seu cotidiano e onde mora?
R: Eu moro no Rio de Janeiro. Sou formado em Biologia e até pouco tempo atrás estagiava no Museu Nacional, no setor do herbário, em São Cristóvão. Mas saí de lá. Normalmente leio o jornal de manhã (no papel mesmo, nada de tecnologia), cuido dos meus bichos (aquário, jabuti, cachorro, passarinhos....quase um zoológico), ajudo minha mãe, enfim.

2- Quanto do seu tempo é dedicado a ver novelas, séries e outros programas do qual comenta no seu blog?
R: Quase sempre as minhas noites são dedicadas para isso. Vejo novelas, programas, séries e ainda comento no Twitter.

3- Você acha que hoje em dia com todo o acesso que temos a internet, as novelas ainda ditam modas, costumes e podem influenciar sobre vários assuntos?
R: Sem dúvida. A internet não é uma inimiga, como muitos pensam, mas uma aliada. A prova é o próprio Twitter, que foi criado para a pessoa falar o que estava fazendo, e acabou virando um lugar onde quase todo mundo fala do que está acontecendo na televisão. As novelas ainda ditam muita moda, por incrível que pareça. As mulheres ligam para a Globo querendo saber que determinado produtos a atriz X ta usando, enfim...

4- O que tiraria do ar e o que traria de volta se fosse dono de uma emissora?
R: Tiraria do ar todos os programas religiosos e os de vendas que ocupam horários preciosos das emissoras que lamentavelmente leiloam sua grade para pagar dividas. Também tiraria todas as atrações sensacionalistas que exploram a tragédia humana. Traria de volta a série Os Aspones, Sai de Baixo e A Cura. São três produções que mereciam uma continuação ( Sai de Baixo até teve recentemente 4 especiais). O que eu também queria trazer de volta não é mais possível por causa da morte dos envolvidos, vide Os Trapalhões, Escolinha do Professor Raimundo, Escolinha do Golias, enfim...

5- Qual foi o melhor momento que vivemos em teledramaturgia?
R: Sem dúvida, Avenida Brasil foi um marco na teledramaturgia. Mas considero a época em que A Próxima Vítima foi exibida um grande momento. As produções românticas ficaram de lado e cederam lugar a um suspense que até hoje ficou na memória.

6- No mundo em que vivemos atualmente que vivencia mudanças o tempo todo, porquê os autores repetem tantas tramas nas novelas?
R: Acho que é um vício na escrita que muitos não conseguem mudar. Por isso mesmo que a Globo, por exemplo, tem investido em novos autores, para ter essa reformulação. Porém, são 60 anos de teledramaturgia, fica difícil não repetir temas e histórias. Aliás, quase impossível. A solução é modificar a forma de contar o enredo.

7- Cite as três melhores novelas e séries que já assistiu e porquê?
R: É muito difícil selecionar só três, afinal, são muitas produções. A Próxima Vítima, Éramos Seis, Belíssima, Passione, Avenida Brasil, O beijo do Vampiro, Alma Gêmea, A Favorita, Paraíso Tropical, Senhora do Destino, A vida da gente, enfim, são tantas. Acho todas essas citadas excelentes produções porque apresentaram um grande elenco, ótimos personagens, enredo envolvente e histórias bem construídas. Cada uma no seu estilo. Já séries, cito A Cura, Divã e Os Aspones. Deixaram saudades.

8- Você é a favor ou contra a pena de morte?
R: Sou a favor da pena de morte. Porém, com responsabilidade. Casos irrecuperáveis e monstruosos deveriam ser enquadrados. Como o Fernandinho Beira-Mar, por exemplo, que continua comandando o tráfico mesmo preso, ou então casos como o do Goleiro Bruno e da Suzane Von Rischtofen. E ainda criaria um projeto para que todos os condenados a esse tipo de pena, doassem seus órgãos após a condenação.
Assim, ainda diminuiria a fila de transplantes e melhoraria a vida de muita gente do bem. (Sei que é algo polêmico isso)

9- Como é o Sérgio cidadão, filho, irmão, esposo e pai (caso seja)?
R: Por enquanto sou cidadão e filho, só rs. Tento ser um bom filho e uma pessoa do bem em meio a esse mundo cruel e cheio de problemas. Não sei se consigo, mas tento.

10- O que há de melhor e pior no Brasil?
R: O melhor é a paisagem. Vivemos num pais lindo e repleto de belezas naturais, só que infelizmente muitas dessas belezas já foram destruídas pelo homem. Pior, são vários: saúde, segurança, saúde, educação, serviços públicos, leis antiquadas...etc etc etc

11- Você acredita em Deus, se sim como o imagina?
R: Acredito em Deus e rezo todo dia antes de dormir. Porém, a imagem que tenho dele é a mesma passada pela igreja mesmo. Mas não sou religioso fervoroso. Eu acredito, mas há horas em que não acredito, há outros momentos que creio em vidas além daqui, outros não, enfim...

12- O que jamais perdoaria?
R: Difícil saber. Acho traição uma coisa que fere muito e a confiança dificilmente voltará.

13- Qual foi a melhor viagem que já fez até hoje?
R: Não sou muito de viagens. Nunca nem sai do pais rs.

14- Na sua opinião qual a emissora que apesar de tudo ainda tem a melhor grade de programação?
R: Querendo ou não, a Globo ainda é muito superior. E se você assistir a qualquer canal aberto de outro país, verá que os daqui são bem melhores, por incrível que pareça. Mas a grade da líder foi construída com o tempo e não é a mais assistida por acaso.

Responda depois dos pontos...
A maior decepção da minha vida foi............Não diria decepção, mas dor mesmo. Perder meu pai. Dizem que passa com o tempo, mas não passa.
Tenho medo de um dia..............Perder minha vida por causa de violência.
Morte é..............Inevitável, mas que venha somente depois dos 90 anos.
O amor jamais..........Consegue sustentar sozinho uma relação. É preciso compreensão, companheirismo..
Um dia gostaria de conhecer pessoalmente............O Papa Francisco

Deixe uma frase para nossos leitores
"Existe um velho ditado que diz que aqueles que não lembram do passado, estão condenados a repeti-lo. Mas aqueles que se recusam a esquecer o passado, estão condenados a revivê-los."

Esta foto é de um lugar muito especial para o Sérgio.
**************
**********
*******
****
**
*
Conheçam o espaço do Sérgio tenho certeza que irão gostar.
Blog
De Olho Nos Detalhes


Leia Mais

Café entre amigos entrevista a Felisberto Junior ( Blog IN (FELIZ)


Felisberto é o nono blogueiro a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

1- Conte um pouco do seu cotidiano e onde mora?
R: No que pese sermos cada vez mais uma sociedade digital, e, apesar da velocidade ter escravizado a qualidade, eu tento fazer tudo igual todo dia, nada de excepcional. Levanto no mesmo horário e tomo um banho normal, nada de exageros. Em seguida tomo meu café com leite frio. Olho as minhas atualizações e umas noticias antes de sair de casa. Trabalho no meu limite normal. Sento no meu PC para blogar ou jogar um pouco. No final de semana, praia, futebol e amigos...
No mais, sou bem humorado, fiel as minhas convicções...
- "Adoro feijoada e detesto picuinha".
Moro em Santos.

2- Como resolveu criar seu blog e o porque do nome?
R: Minha irmã Sandra e cunhado Rubilar, blogueiros, me deram a ideia de criar o blog. Meu foco inicial, experimentando aquele frio na barriga bem característico de quando fazemos as coisas pela primeira vez, foi sobre a dualidade (poesias/poeta) Feliz e Infeliz. Daí ter escolhido este título (IN) FELIZ por não ter conseguido pensar em outro melhor. Mas, foi um grande acerto, sem querer, de minha parte...experimentem digitar infeliz, feliz, na barra de pesquisa e vão encontrar zilhões de resultados, mas ao digitar (IN) FELIZ....apesar do contexto triste de algumas poesias/poemas, posso dizer que sou uma pessoa muito feliz.

3- Como descobriu que tinha facilidade em lidar com as palavras e qual foi o primeiro poema que escreveu?
R: Fui com a leitura e sou com a escrita. Desde muito cedo. Desenvolveu de forma natural. Não tenho muito claro como se fazem as coisas, vou fazendo sem saber como é, até que me digam. O meu primeiro poema foi escrito quando ainda não tinha adquirido gosto pela poesia mas já sentia necessidade de exprimir os meus sentimentos em palavras.
O primeiro poema foi Minha flor.
(link do poema)

4- De onde vem sua inspiração?
R: Escrevo consoante o momento, a fase da vida que atravesso, os sentimentos que quero exprimir, uma imagem, catarse. Escrevo muito para mim e para mostrar aos que me rodeiam, família, seguidores e amigos. Já fiz e dediquei alguns poemas a pessoas especiais na minha vida.

5- Quais seus poetas e escritores preferidos?
R: Não tenho preferidos. Em cada época, diferentemente nomes me acompanham. Todos são preferidos em seu momento e vão sempre dando lugar a novos.

6- Tem algum livro, poema, conto ou crônica que ao ler pensou esse eu gostaria de ter escrito e porque?
R: Sim....eu tenho! Amor de Agatha Christie! Marcou um amor na minha adolescência.

7- No caos que vivemos ultimamente você seria a favor da pena de morte em qual situação?
R: Entendo que sempre que ocorrem diversos crimes bárbaros em um determinado período, o caos que vivemos, a emoção pede a adoção de pena de morte, a "morte pela morte", a "violência pela violência", mas, no meu entendimento, racional, em uma sociedade que se pretende justa e democrática não se pode aceitar uma violência como politica publica de combate. Penso que por si só, não resolve o problema da violência e a redução da criminalidade. A partir de politicas modernas, melhoria no sistema de investigação criminal, erro judiciário ser inexistente, talvez, talvez....seria a favor.
Creio que a irreversibilidade já é um motivo suficiente para a proibição.

8- A redução da maioridade penal seria benéfico?
R: É certo que somente a redução da maioridade penal, não vai resolver o problema que temos hoje, muitas outras ações são necessárias...longo prazo. É preciso investir em educação, esportes, oportunidades de trabalho para os adolescentes ( e até em politicas de controle de natalidade e paternidade responsável), além de melhorar o sistema prisional, a instituição socioeducativa. Mas, já temos que dar um primeiro passo rumo a solução do problema do menor infrator. Talvez, imputar uma penalidade adicional aos maiores que, claramente utilizam menores para finalizar um crime, ou, conseguirmos, através de profissionais competentes dimensionar a real capacidade de discernimento do menor infrator, pois me é claro que o adolescente que comete o crime tem plena consciência do que esta cometendo e que está causando um dano a alguém, ou, chegarmos ao dia em que julgaremos pelo crime e não pela idade, se perceber que o adolescente tem consciência como um adulto do crime que comete, ele deve ser punido como adulto.

9- Como é o Felisberto cidadão, filho, pai, irmão, amigo e escritor?
R: Cada um de nós tem uma natureza própria, que pode ou não ir de encontro à forma de ser e estar dos outros, dos que nos rodeiam, que estão perto ou longe, mas que fazem parte das nossas vidas de alguma forma. Eu tenho um lado que leva as coisas muito a sério e não deixo de ser, como cidadão, filho, pai...cada qual com suas responsabilidades, direitos e obrigações!

10- O que há de melhor e pior no Brasil?
R: O melhor é o brasileiro. E o pior o sistema tributário.

11- Porque os jovens não tem muita paciência para leitura ou isso não é verdade?
R: Bem...entendo que a leitura é muito importante para a aprendizagem do ser humano, para que possamos enriquecer nosso vocabulário, obter conhecimento, dinamizar o raciocínio e a interpretação.
O hábito de ler deve ser estimulado na infância, para que o individuo aprenda desde pequeno que ler é algo importante e prazeroso. Creio que quando dizemos não ter paciência para ler um livro, acontece muito por essa falta de habito.
Os jovens estão vivendo um momento impressionante. Nasceram em um mundo com muitas possibilidades, com novas tecnologias, as ferramentas para prosseguir com este hábito, livros virtuais...etc...Mas do que paciência para ler, eles precisam saber que a fila vai andar, mas somente para quem estiver na fila.

12- Você acredita em Deus se sim como o imagina?
R: Quando me fazem essa pergunta, acho muito difícil responder simplesmente sim ou não. Gostaria de explicar por quê, respeitando sempre à todas as opiniões, crenças e religiões. A meu ver, Deus não pertence a nenhuma crença ou religião. Acreditar em Deus, é assumir uma postura humilde diante do fantástico e constante movimento do Universo, do qual somos uma partícula infinitesimal. É reconhecer a limitação do conhecimento humano. Na verdade, quando negamos Deus, o afirmamos, pois a liberdade de escolha que Ele nos dá é que nos permite negá-lo.
E como não acreditar em Deus sem desconfiar de si próprio?
Dei a volta por cima da morte. Isso me deu uma fé muito grande.
Um Deus criado à nossa imagem e semelhança.

13- O que você faz nos momentos de laser e o que vê na TV?
R: Bem....não assisto televisão aberta. Mas, nos meus momentos de laser, caminhada, bicicleta, praia e futebol.

14- O que jamais perdoaria?
R: Há alturas na vida em que nos deparamos com determinadas situações que nos abrem os olhos e nos mudam a forma de ver a realidade à nossa volta. Nestas alturas, talvez porque crescemos e amadurecemos, mudamos as nossas prioridades, os nossos conceitos, e também a forma como interagimos com as pessoas. E é esta, a última, que é a mais complicada. A maioria das vezes, damos aos outros sem esperar nada em troca, sem sequer pensar que os gestos de bondade e amizade, um dia teremos retorno...damos e pronto. Mas também sei que é muito difícil não criar expectativas, é difícil não esperar que aquela pessoa para quem temos sempre uma palavra amiga, esteja lá quando for a nossa vez de precisar de alguém ao nosso lado. E o problema é quando a pessoa não está realmente lá, quando nos falha, simplesmente porque nem sabe o que se passa conosco, porque não nos procura, porque não quer saber, porque está a viver a sua vida. Assim...simplesmente deixo apenas de estar tantas vezes disponível.

Responda depois dos pontos:

1-A maior decepção da minha vida foi.............como blogueiro: lidar com certos prosélitos e sectários, que julgam-se acima do bem e do mal, com suas interpretações radicalizadas ou tendenciosas. Pior: sem trocar uma palavra comigo...
Na vida........ a morte de minha mãe. Sempre estive ao lado dela em todos os momentos, quando estava doente....menos no momento em que ela fechou os olhos.

2-Meu maior defeito é........impaciência para esperar. Quando o esperar parece ser sinônimo de perda de tempo.

3- Minha maior qualidade é......determinação. Não me abato com as dificuldades ou com o agouro de quem queira me desanimar. Persevero para construir meus sonhos.

4- Morte é........passagem.
5- Amor de verdade é quando........você chega na casa do seu amor, e ela está com aquela máscara facial horrível, e mesmo assim você consegue chama-la de linda e dizer que a ama" #brincs

Deixe uma frase para nossos leitores
O respeito e a educação ainda é a melhor opção para uma boa convivência e trocas no meio social em que estamos.
"Eu entendo as pessoas, e quando não as entendo, eu aceito, mas acima de todas as coisas, o respeito.."
Esse seu bem sucedido quadro é uma peça relevante no quebra-cabeça da sua ação de interagir os blogs, construir bons relacionamentos e conhecimentos e de estreitar os laços. e, inclusive, para aumentar o conhecimento sobre nós, outros blogueiros, pois sei que nada é cognoscível com exatidão, se não houver proximidade.
Também vejo nessas entrevistas, uma demonstração positiva de que seu blog se preocupa com as pessoas.
Aos leitores, obrigado pelo carinho da companhia. Que eu tenha conseguido mostrar um pouco de mim e daquilo que penso, pois a amizade que pode ser adquirida através dessa experiência acaba por se tornar a parte mais interessante de tudo.
Patricia, agradeço pelo convite e desejo-lhe muito sucesso em seus projetos...

*******

Para quem ainda não conhece o blog do Felisberto fica o convite tenho certeza será uma grata surpresa.

Blog (IN) FELIZ


Leia Mais

Café entre amigos entrevista a Andrea Magalhães ( Blog Palavras ao vento)


Andrea é a oitava blogueira a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

1- Conte um pouco do seu cotidiano e da cidade em que mora.
R: Moro no Rio de Janeiro com meu marido e nosso filho de 4 patas, Fred. Minha rotina é parecida com a de muitas pessoas: acordo cedinho, vou a faculdade e depois para o trabalho. Chegando em casa dou uma organizada em tudo, faço um lanche e vou passear com o Fred.

2- Quando resolveu criar seu blog e porque?
R: Conheci o mundo dos blogs através de uma grande e queridíssimo amiga ( que encerrou seu blog ano passado) . Logo me encantei com a possibilidade de criar um espacinho dedicado a coisas belas e alegres. Através do blog também conheci pessoas incríveis e fiz ótimas amizades.

3- Em que situação é a favor da pena de morte?
R: Sou a favor da pena de morte em casos de homicídio e estupro, independente da idade do infrator.

4- O que há de melhor e pior no Brasil?
R: Melhor: as belezas naturais
Pior: os governantes que, infelizmente foram eleitos pelo povo.

5- A redução da maioridade penal seria benéfico?
R: Acho que não tem que reduzir para 16 anos, não tem que ter idade mínima! O menor tem que se punido de acordo com o crime que praticar. Trabalhei em uma comunidade onde todos eram aterrorizados por um  menor de 13 anos que tinha um histórico gigantesco de homicídio e estupros. Muitas vezes as pessoas olhavam o menor como criança. Criminoso menor de idade não são crianças puras e inocentes! Sabem o que fazem e usam a impunidade a seu favor. A crueldade desses menores não tem limite.

6- O que pensa sobre casamento de pessoas do mesmo sexo?
R: Sou a favor, pois acredito que cada um tem o direito de escolher o caminho da felicidade.

7- Como é a Andrea esposa, filha, amiga, irmã e cidadã?
R: Sou uma pessoa muito ligada a família e aos amigos, que são poucos e verdadeiros. Sou uma cidadã cumpridora de seus deveres e que, por isso mesmo, exige seus direitos.

8- O que tem visto ultimamente na TV?
R: Gosto de filmes e séries.

9- Qual a melhor viagem que já fez?
R: Amo um hotel fazenda, em Engenheiro Paulo de Frontin. Vou todo ano, ás vezes com a família, outras apenas com o marido. Sou apaixonada pela calma, beleza e o clima de fraternidade que existe no local.

10- Seus sonhos de infância como profissão, casamento e etc, se realizaram ou ainda falta alguma coisa?
R: Sempre falta uma coisinha, né? rsrsrs

11- Acredita em Deus? Se sim como o imagina?
R: Acredito que exista uma força superior, sem nome, sexo ou forma, e que está muito além da nossa compreensão.

12- O que jamais perdoaria?
R: Qualquer tipo de traição.

13- O que costuma fazer nos momentos de lazer para se distrair?
R:  Leio muito, adoro ir ao cinema e à praia.

14- Se fosse morar em outro pais qual seria?
R: Não sei se trocaria o Brasil por outro país, mas adoraria conhecer a Grécia.

Responda depois dos pontos:
A maior decepção da minha vida foi...... com alguém que acreditei ser uma amiga
Nunca tive medo de........arriscar.
Morte é.........uma passagem
Amar de verdade é......ser mãe.
Um dia perfeito é quando........passo com minha família.

Deixe uma frase para os leitores
"Nem sempre tudo dá certo, mas não tenha medo de arriscar, faça sua escolha e se algo der errado tenha sabedoria para enfrentar os obstáculos, superação é o segredo para o sucesso."
(Williiam Vailate)

************
************

Conheçam o Blog da Andrea
Palavras ao vento

Leia Mais

Café entre amigos entrevista a Anne Liere (Escritora e Blogueira)


Anne Liere é a oitava blogueira a participar do quadro de entrevista
"Quem sou e o que penso"

1- Conte um pouco do seu cotidiano e onde mora?
R: Moro em São Paulo num apartamento com meu marido, Carlos, o filho dele, Ricardo e meus bichinhos ( Fadinha e Mozart). Minha filha, Letícia, está estudando em Campinas e vem nos finais de semana. Meus pais moram há dez minutos daqui e sempre estou com eles, já que sou a única filha aposentada. Minha rotina é simples: casa, supermercado, feira, caminhadas, cabeleireira, curso de escrita, grupo de estudos espiritas, escrever, blogar, ler e assistir TV.

2- Conte um pouco sobre a criação de seus blogs.
R: Tenho quatro blogs e o primeiro foi "Menina voadora", o principal.
Através da amiga Chica, conheci o que era um blog e por sugestão dela criei um para postar meus textos infantis. Antes escrevia no "Recanto das letras".
O "Asas dos versos e reversos", surgiu para postar as poesias adultas que achava mais forte para crianças lerem e também para as Blogagens coletivas.
O "Recanto dos autores" fiz com a intenção de divulgar novos escritores.
O "Selinho e carinhos" foi criado para postar os selinhos que recebo.

3- Você escreve lindos poemas, quando percebeu que tinha facilidade em lidar com palavras e de onde vem sua inspiração?
R: Eu escrevo desde pequena, mas com nove anos criei "Lenita, a menina voadora" e, a partir dai, não parei mais. Minha inspiração vem da vida, das coisas que acontecem e sinto.

4- Em que situação é a favor da pena de morte?
R: Não consigo ser a favor em nenhuma situação, mas acho que o sistema prisional deveria ser bem estruturado para que as penas fossem mais rigorosas e não uma colônia de férias para os marginais.

5- Você é a favor ou contra o cidadão andar armado?
R: Sou contra, porque não é uma boa ideia reagir a um assalto em nenhuma circunstância.

6- A redução da maioridade penal seria benéfico?
R: Eu sou a favor da redução da maioridade penal, mas eles deveriam repensar uma prisão especifica para esses jovens, com escola, trabalho e religião. Com 16 anos um jovem já sabe o que é o bem e o mal, já sabe o que faz e deve pagar como qualquer cidadão pelo que fez.

7- O que pensa sobre casamento de pessoas do mesmo sexo?
R: Sou a favor. As pessoas amam e devem se casar com quem amam, sem distinção de sexo, cor, religião, nada!

8- Como é a Anne cidadã, mãe, filha, amiga, irmã e esposa?
R: Uma pessoa tranquila que procura ser melhor em suas relações de modo geral. Estou sempre atenta para fazer coisas boas por minha família.

9- Você acha que as pessoas, devido aos altos índices de violência, ao qual somos submetidos, estão se tornando mais insensíveis?
R: Sim; mas é uma espécie de proteção que as pessoas usam. Há tanta coisa cruel acontecendo que muitos não suportam e se vestem dessa carapaça para não sofrer mais.

10- O que há de melhor e pior no Brasil?
R: O melhor é o povo. O brasileiro é um cara do bem, feliz se tem um arroz com feijão pra comer. O pior é o governo que não cumpre suas obrigações e não administra o dinheiro publico para melhorar esse país.

11- Se pudesse viver um dia na sua vida novamente qual seria?
R: Só um?...rs... o dia que nasceu a Letícia, minha filha. Foi um marco em minha vida.

12- Qual a melhor viagem que fez até hoje?
R: Foi uma viagem com meu marido para Campos de Jordão, logo que nos casamos. Foi perfeita!

13- Seus sonhos de infância como profissão, casamento e etc.., se realizaram ou ainda falta alguma coisa?
R: Realizaram-se, sim mas ainda falta uma coisinha ou outra...rss...Um netinho, assistir a filhota se formando, essas coisas.

14- Acredita em Deus? Se sim como o imagina?
R: Acredito. Ele está em todas as coisas e dentro de nós. É amor incondicional e inimaginável. Ainda precisamos evoluir muito para compreender.

15- O que jamais perdoaria?
R: Nada. Perdoo tudo.

Responda depois dos pontos:

A maior decepção da minha vida foi..........comigo mesmo.
Nunca tive medo de.........barata.
Morte é......a continuação da vida.
Amar de verdade é......amar como mãe.
Um dia perfeito é quando.........a família está reunida.

Deixe uma frase para os leitores

Acredite sempre que tudo pode melhorar.
Muito obrigada Patricia, por essa entrevista. Foi muito gostoso responder!
Parabéns pelo seu blog que considero um dos melhores da blogosfera!

***********

Conheça e adquira os livros da Anne

Menina voadora na escola
Clique:

***********
*********
Lenita, a menia voadora

********

Conheça os blogs da Anne Liere




*******************

Leia Mais
Postagens mais antigas Página inicial
Cursos Online 24 Horas
Cursos 24 Horas - Cursos Online com Certificado Entregue em Casa

Divulgue suas postagens

Tedioso: Os melhores links

Parceiro

Dados do blog

  • Top comentaristas

    Top Comentaristas by SemNome
  • Estatísticas do Blog

    Dias online
    Postagens
    comentários
  • PageRank

    PageRank
  • Assinantes do blog

  • Visitas do RoboGoogle

Divulgue nosso Banner

Link-me!